Coloque o WebServos como sua página inicial!
Online: 270
  .:: Canais ::.
 ::: Início :::
 Sinais dos Tempos
 Reflexões
 Evangelísticas
 Estudos Bíblicos
 Espaço Jovem
 Música & Louvor
 Artigos de Louvor
 Webservos Shop
 WebServos Sites
 Igrejas OnLine
 Folhetos Virtuais
 Cartões Postais
 Pedido de Oração
 Intercessores
 Testemunhos
 Recomendação
 Quem Somos



 
 
Aja como Moisés e não como Elias no monte de Deus
( 4932 visitas )

Publicado em: 23/2/2007
Por: Raquel Fragoso
Renascer em Cristo - SBC
racamafra@yahoo.com.br
 

Moisés e Elias dois referenciais de unção e poder, dois referenciais de prodígios e maravilhas, diante do momento decisivo no ministério reagiram diferente e tiveram o retorno das suas flexibilidade e dureza, da sua entrega e retenção:

Moisés um servo do Senhor diante da oposição e decepção com o gênero humano, com misericórdia clama diante de Deus pela necessidade da Sua presença e pela impossibilidade de prosseguirem sem o perdão e graça .

Ex. 33:13 Agora, pois, se achei graça aos teus olhos, rogo-te que me faças saber neste momento o teu caminho, para que eu te conheça e ache graça aos teus olhos; e considera que esta nação é teu povo.
14 Respondeu-lhe: A minha presença irá contigo, e eu te darei descanso.
15 Então, lhe disse Moisés: Se a tua presença não vai comigo, não nos faças subir deste lugar.

O argumento de Moisés era firme, queria prosseguir e verdadeiramente libertar aquele povo e não obstante a desobediência e dureza de coração ele em nada se afetava porém clama ousadamente pela Glória de Deus, quer ver a face de Deus, o Senhor gosta desta ousadia e fé porém revela que será impossível isso ocorrer plenamente.

Ex. 33:18 Então, ele disse: Rogo-te que me mostres a tua glória.
19 Respondeu-lhe: Farei passar toda a minha bondade diante de ti e te proclamarei o nome do SENHOR; terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia e me compadecerei de quem eu me compadecer.
20 E acrescentou: Não me poderás ver a face, porquanto homem nenhum verá a minha face e viverá.

Deus então o alimenta com a força para que no dia seguinte Moisés suba ao monte para presenciar este grande momento de intimidade.

Ex. 34:2 E prepara-te para amanhã, para que subas, pela manhã, ao monte Sinai e ali te apresentes a mim no cimo do monte.

Moisés no Monte Horebe ou Sinai presencia a Glória do Senhor e quando O Todo Poderoso passa ele clama, glorifica e curvando-se adora-O, o argumento do sermão de Moisés muda ele reconhece erros e falhas, pede perdão e recebe uma liberação poderosa ; Deus confirma o pacto e declara que um mover de maravilhas começará acontecer, um mover que nunca houve na terra e nenhum povo vivenciou pois Moisés e todo o povo no meio do qual ele habitava veriam a obra Poderosa e terível que Deus faria através dele, pois teve fé , ousadia, verdade e entrega.

Ex. 34:5 ¶ Tendo o SENHOR descido na nuvem, ali esteve junto dele e proclamou o nome do SENHOR.
6 E, passando o SENHOR por diante dele, clamou: SENHOR, SENHOR Deus compassivo, clemente e longânimo e grande em misericórdia e fidelidade;
7 que guarda a misericórdia em mil gerações, que perdoa a iniqüidade, a transgressão e o pecado, ainda que não inocenta o culpado, e visita a iniqüidade dos pais nos filhos e nos filhos dos filhos, até à terceira e quarta geração!
8 E, imediatamente, curvando-se Moisés para a terra, o adorou;
9 e disse: Senhor, se, agora, achei graça aos teus olhos, segue em nosso meio conosco; porque este povo é de dura cerviz. Perdoa a nossa iniqüidade e o nosso pecado e toma-nos por tua herança.
10 ¶ Então, disse: Eis que faço uma aliança; diante de todo o teu povo farei maravilhas que nunca se fizeram em toda a terra, nem entre nação alguma, de maneira que todo este povo, em cujo meio tu estás, veja a obra do SENHOR; porque coisa terrível é o que faço contigo.

Vitórias pela obediência e abertura de Moisés:



Deus limparia de diante da face deles o poderio do inimigo.

11 Guarda o que eu te ordeno hoje: eis que lançarei fora da sua presença os amorreus, os cananeus, os heteus, os ferezeus, os heveus e os jebuseus.

Deus renova o poder e unção de destituir toda a idolatria:

12 Abstém-te de fazer aliança com os moradores da terra para onde vais, para que te não sejam por cilada.
13 Mas derribareis os seus altares, quebrareis as suas colunas e cortareis os seus postes-ídolos
14 (porque não adorarás outro deus; pois o nome do SENHOR é Zeloso; sim, Deus zeloso é ele);

Moisés no Monte Horebe, independente das situações que presenciara com o povo, independente das questões que carregava em sua alma e todos os seus intentos, se abriu para ver a glória de Deus e reconhecendo tal soberania tal experiência mudou seu sermão que era imperativo e o transforma em um adorador cheio da glória do Senhor e o estabelecimento de um pacto de prodigíos e maravilhas que cercaria sua vida e testificaria de tal vitória em Deus.

Porém vemos ELias, tomado pelas mesmas oposições e decepções humanas que após receber o alimento (pão e água) que o fortaleceria para subir ao Horebe ali no monte de Deus busca uma caverna para si e apático, distante, desacreditado não entende todo este pleno mover, que acontecera diante de si.


I Rs 19:8 Levantou-se, pois, comeu e bebeu; e, com a força daquela comida, caminhou quarenta dias e quarenta noites até Horebe, o monte de Deus.

Elias homem de poder que assemelha-se a Moisés em feitos , Elias homem de fé de sinais e prodígios fastigado com a idolatria, perversidade e fugido da opressora Jezabel, sobe ao monte Horebe o monte da aliança onde Moisés recebera a liberação do Senhor.

Dt 5:2 O SENHOR, nosso Deus, fez aliança conosco em Horebe.

Moisés subira ao monte com o coração disposto a buscar a glória do Senhor e mesmo com os ressentimentos e decepções com os homens dispunha-se a fortalecer-se , porém Elias sobe ao monte de Deus e entra numa caverna.

I Rs. 19:9a ¶ Ali, entrou numa caverna, onde passou a noite...

Deus vendo que Elias fora ao monte Santo deseja levar Elias a mesma experiência que Moisés, Deus anseia por glorificá-lo, restaurá-lo e reanimá-lo porém quando o Senhor o vê dentro da caverna indaga o que ele faz ali.

I Rs. 19:9 ¶ Ali, entrou numa caverna, onde passou a noite; e eis que lhe veio a palavra do SENHOR e lhe disse: Que fazes aqui, Elias?

Elias começa o seu sermão de decepção,frustração, auto comiseração e revela que a aliança que fora feita ali no monte havia sido deixada e desrespeitada por todos menos por ele.

I Rs.19:10 Ele respondeu: Tenho sido zeloso pelo SENHOR, Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derribaram os teus altares e mataram os teus profetas à espada; e eu fiquei só, e procuram tirar-me a vida.

Deus então vê naquele momento o momento ideal para dar a Elias a mesma experiência que dera a Moisés, sim quando o povo de Moisés quebrara o pacto ali naquele monte Deus renovara o Pacto, o Senhor chama Elias para fora da caverna e como foi com Moisés o Senhor passou diante de Elias com toda a Sua Glória, Explendor e majestade porém Elias não se apercebeu pois ao contrário de Moisés que saiu adorou, jubilou e glorificou Elias na caverna permaneceu.


I Rs.19:11 Disse-lhe Deus: Sai e põe-te neste monte perante o SENHOR. Eis que passava o SENHOR; e um grande e forte vento fendia os montes e despedaçava as penhas diante do SENHOR, porém o SENHOR não estava no vento; depois do vento, um terremoto, mas o SENHOR não estava no terremoto;
12 depois do terremoto, um fogo, mas o SENHOR não estava no fogo; e, depois do fogo, um cicio tranqüilo e suave.

Perceba Moisés quando viu Deus passar clamou:

Ex. 34:5 ¶ Tendo o SENHOR descido na nuvem, ali esteve junto dele e proclamou o nome do SENHOR.
6 E, passando o SENHOR por diante dele, clamou: SENHOR, SENHOR Deus compassivo, clemente e longânimo e grande em misericórdia e fidelidade;

Glorificou:

7 que guarda a misericórdia em mil gerações, que perdoa a iniqüidade, a transgressão e o pecado, ainda que não inocenta o culpado, e visita a iniqüidade dos pais nos filhos e nos filhos dos filhos, até à terceira e quarta geração!

Prostrando-se adorou:

8 E, imediatamente, curvando-se Moisés para a terra, o adorou;

E esta atitude diante da Glória de Deus removeu dele toda a amargura e dor e o levou a uma interceção poderosa por aquele povo que tanto o desmotivou:
9 e disse: Senhor, se, agora, achei graça aos teus olhos, segue em nosso meio conosco; porque este povo é de dura cerviz. Perdoa a nossa iniqüidade e o nosso pecado e toma-nos por tua herança.

Tal conduta gerou a renovação e liberação de um grande milagre e a confirmação de um ministério profético poderoso em milagres e maravilhas:

10 ¶ Então, disse: Eis que faço uma aliança; diante de todo o teu povo farei maravilhas que nunca se fizeram em toda a terra, nem entre nação alguma, de maneira que todo este povo, em cujo meio tu estás, veja a obra do SENHOR; porque coisa terrível é o que faço contigo.

Porém Elias diante da mesma manifestação gloriosa que Deus quisera fazê-lo presenciar por abatimento na caverna ficou e Deus o indaga novamente o que ele faz ainda ali na caverna:


O palavreado de Elias não mudou, seu sermão era o mesmo contaminado por desilusão, frustração, decepção e auto- comiseração, Elias não se abrira para a Glória de Deus, não entendera o novo do Senhor diante dos seus olhos, Deus havia mostrado a sua glória porém ele não se apercebeu pois estava envolto em sua amargura e permaneceu no fundo da caverna e só saira por insistência de Deus, porém se colocara a porta, assegurando que não se exporia muito afinal ele estava cansado de tanta desilusão.

I Rs 19:13 Ouvindo-o Elias, envolveu o rosto no seu manto e, saindo, pôs-se à entrada da caverna. Eis que lhe veio uma voz e lhe disse: Que fazes aqui, Elias?

I Rs.19:14 Ele respondeu: Tenho sido em extremo zeloso pelo SENHOR, Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derribaram os teus altares e mataram os teus profetas à espada; e eu fiquei só, e procuram tirar-me a vida.

O servo de Deus pode ser um grande profeta e aliado do Senhor, porém no monte Santo se permanecer em cavernas, se refugiar em dores, traumas, sofrimentos, sofismas, ressentimentos, amarguras dificilmente verá a glória de Deus manifesta diante dos seus olhos, Deus chamou Elias no primeiro momento venha para fora , porém ele não reagiu, não se abriu e toda a plenitude de Deus manifesta lhe foi vedada pois seus espírito estava trancafiado em suas justificativas e decisões pessoais.

A glória de Deus quando manifesta a Moisés mudou seu sermão:

Antes decididamente decidira deixar de prossegui:

Ex. 33:15 Então, lhe disse Moisés: Se a tua presença não vai comigo, não nos faças subir deste lugar.

Após presenciar a Glória pedira perdão e entregara a vida de todos para Deus:

Ex. 34:9 e disse: Senhor, se, agora, achei graça aos teus olhos, segue em nosso meio conosco; porque este povo é de dura cerviz. Perdoa a nossa iniqüidade e o nosso pecado e toma-nos por tua herança.

Elias continuara o mesmo, pois não deixara atingir o seu coração endurecido pela decepção, e se pegava a pequenez , como a Moisés Deus poderia renovar a aliança, restaurar o vigor, confirmar a herança e uma vida , um ministério de sinais e maravilhas porém ele nada viu.

Saia da caverna, mova-se urgentemente, não fique apático, fechado em si mesmo, saia da escuridão e sombra de morte, saia do negativismo e paralisia espiritual...mova-se saia para fora, vença estes bloqueios emocionais e psicológicos, deixa as tuas razões...a glória de Deus está disponível à você, esta manifestação lhe restaura as forças, o ânimo e muda tua história.

Elias falava de uma aliança que fora quebrada, mas no monte Santo Deus queria falar-lhe de uma aliança que seria renovada, aliança superior uma revificação do seu ministério com maravilhas.

Ex.34:10 ¶ Então, disse: Eis que faço uma aliança; diante de todo o teu povo farei maravilhas que nunca se fizeram em toda a terra, nem entre nação alguma, de maneira que todo este povo, em cujo meio tu estás, veja a obra do SENHOR; porque coisa terrível é o que faço contigo.

Elias falara que todos haviam seguido após outros deuses , mas no monte Santo pelo manifestar da Sua glória como a Moisés Deus queria dizer-lhe que os inimigos seriam vencidos e os altares seriam derribados mas os falsos deuses não prevaleceriam:

Ex.34:11 Guarda o que eu te ordeno hoje: eis que lançarei fora da sua presença os amorreus, os cananeus, os heteus, os ferezeus, os heveus e os jebuseus.
12 Abstém-te de fazer aliança com os moradores da terra para onde vais, para que te não sejam por cilada.
13 Mas derribareis os seus altares, quebrareis as suas colunas e cortareis os seus postes-ídolos
14 (porque não adorarás outro deus; pois o nome do SENHOR é Zeloso; sim, Deus zeloso é ele);

Elias não viu e não ouviu e saiu cabisbaixo do monte santo do Senhor, Moisés ouviu e se abriu e viveu a liberação...

Saia da caverna Elias ! Deus tem o grande para sua vida, chegaste ao Monte Santo do Senhor já superaste o deserto da vida para viveres a glorificação. Abra-se!


Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !
   

 

 

 

  .::: Sinais dos Tempos :::.
  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.
•    Quem Somos    •

Página aberta em: 0,000 segundos

Usuários de Hoje: 6507



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--