Online: 328
 
 
Despertamento espiritual
( 8606 visitas )

Publicado em: 3/10/2007
Por: Cristina M.Silvano de Andrade
Palavra de Poder - Rio de Janeiro/RJ
cris-silvano@hotmail.com
 



“No primeiro ano de Ciro, rei da Pérsia, para que se cumprisse a palavra do SENHOR, por boca de Jeremias, despertou o SENHOR o espírito de Ciro, o rei da Pérsia...” (Ed 1:1).

Mas o que significa a palavra despertar? Segundo o dicionário da língua portuguesa é: Levantar, acordar do sono. O Senhor nos convida, através das entrelinhas desse estudo, a nos levantar do comodismo, acordar do sono espiritual, e irmos avante. Vamos analisar esse versículo, frase por frase:

“No primeiro ano...” Essa palavra, primeiro nos faz lembrar do princípio. “No princípio criou Deus os céus e a terra”. “No princípio era o verbo”. E nos faz entender que o mesmo Deus do princípio, é o nosso Deus. Que age de imediato para abençoar o seu povo, é o Deus que tem pressa para nos livrar. O Anjo disse para Daniel: “Não temas, Daniel, porque, desde o primeiro dia em que aplicaste o coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, foram ouvidas as tuas palavras; e, por causa das tuas palavras, é que eu vim” (Dn 10:12). Que coisa gloriosa, quando um servo de Deus ora a Ele, e está disposto a viver a Sua Palavra! Desde o princípio, Deus ouve e tem prazer em atendê-lo. O inimigo se levanta, mais logo é envergonhado. Então, logo no começo do reinado do rei Ciro, Deus se levantou para dar vitória ao seu povo.

“De Ciro rei da Pérsia...” Quem era Ciro? Ciro era aquele, o qual, o profeta Isaias há quase duzentos anos antes, deixara profetizado, no capítulo 44:28 “que digo de Ciro; Ele é meu pastor e cumprirá tudo o que me apraz; que digo também de Jerusalém: Será edificada; e do templo: Será edificado”. E no capítulo 45:1-3 Deus faz declarações gloriosas sobre a vida de Ciro, uma delas é que “Deus iria diante dele e endireitaria os caminhos tortos; quebraria as portas de bronze e despedaçaria os ferrolhos de ferro”. Deus o chama de meu ungido. Alguns estudiosos dizem que Ciro não era servo de Deus. Sabemos uma coisa: que ele teve um chamado, foi ungido por Deus, e realizou esse chamado, conforme revela as escrituras. Se, ser servo é aquele que obedece, podemos dizer sem medo de errar que se ele não era, passou a ser, pois, obedeceu ao chamado de Deus. E você, é servo, é ungido? Então, o que está fazendo com o chamado de Deus? Com a ordem que Ele te deu de libertar os cativos? Ele continua querendo contar com a tua vida, como contou com a do rei Ciro. Deus usa quem Ele quer, como quer, e da forma que quer. Ele é o oleiro, e nós sempre seremos os vasos.

“Para que se cumprisse a Palavra do SENHOR, por boca de Jeremias...” Observamos que tudo aconteceu para que se cumprisse a Palavra do Senhor. Em Jeremias 29:10, Deus disse ao seu povo que passando-se setenta anos, Deus iria tirar o seu povo do cativeiro, e trazê-lo de volta a sua terra. Deus vela pela Sua Palavra para cumprir. Só poderia ter sido Ciro? Claro que não! Ele tinha livre arbítrio. Se não fosse ele, com certeza seria outro; e o povo de Deus sairia vitorioso independente de ter sido através do rei Ciro ou não. A Palavra de Deus está acima do Seu próprio Nome. Por isso, não se esqueça disso; Ele é fiel à Sua Palavra e não pode negar a si mesmo.

Gostaria de abrir um parêntese para falar um pouco da história de Israel:

Israel era o povo eleito, povo escolhido, mui amado. A Bíblia menciona grandes acontecimentos, livramentos e vitórias da parte de Deus para com ele. Enquanto estava no deserto, Deus mandou uma nuvem de dia, e uma coluna de fogo à noite. Deus nunca deixou faltar nada para ele. Durante esse período, abriu o mar Vermelho, fazendo-o passar a seco e enxuto, e assim o deu vitória em tudo. Mas Israel, mesmo depois de tantas maravilhas realizadas por Deus, ainda não havia aprendido a lição. Estava fazendo algo muito abominável diante dos olhos do Senhor; Estava no caminho de total idolatria, e já havia aprendido os costumes dos cananeus, e Deus estava indignado com tais práticas. Então, permitiu que os babilônios liderados pelo o rei Nabucodonosor, tomasse Jerusalém. A cidade foi destruída, o templo foi destruído, e a cidade ficou totalmente em ruínas, e o povo foi levado cativo.

Isso nos mostra que quando entramos por caminhos diferentes, Deus permite que o inimigo nos toque, para aprendermos a sermos mais fiéis ao Senhor. E se não nos consertarmos, o inimigo nos deixa em ruínas, tal qual Jerusalém. Para os judeus tudo estava acabado; não tinham mais esperança, estavam em cativeiro para sempre, pensavam eles. Os inimigos zombavam deles dia a dia, e talvez dissessem - o Deus deles os abandonou. Quantas vezes os nossos adversários zombam de nós, achando que estamos derrotados, e que para nós não tem mais jeito, que o nosso Deus nos abandonou? Mas é mentira do diabo! Nosso Deus jamais abandona os seus, e sempre nos dá a Sua vitória. Os judeus pensavam que para eles, tudo estava perdido. Mas nem tudo estava perdido, pois o Deus Todo-Poderoso entrou em ação, despertou o espírito do rei Ciro para dar a vitória ao seu povo.

O rei Ciro deu ordem para que os judeus voltassem à sua terra, reconstruísse a cidade, o templo, para que o Nome de Deus fosse glorificado. Os judeus ficaram bastante tempo na Babilônia. Foram setenta anos, e eles já estavam acostumados com aquela terra, com aquela gente; daí então a sensação de desânimo. Não seria fácil! Teriam que começar tudo de novo, iriam começar do nada. Nunca é tarde para recomeçarmos! O importante é estarmos consciente de que o Sangue de Cristo nos purifica de todo o pecado, termos uma ordem de Deus, e custe o que custa devemos obedecer. Foi no ano 536 A C., que o rei Ciro deu ordem para que os judeus voltassem à sua terra. Como nos mostra a história, a primeira deportação dos judeus foi no ano 606 A C. Foram completados, justamente, os setenta anos de cativeiro, como o Senhor havia dito.

“Despertou o Senhor o espírito de Ciro, rei da Pérsia”. Essa expressão nos dá a entender que Ciro não estava despertado, ou seja, estava dormindo espiritualmente. No capítulo 45:13, Deus diz que iria despertá-lo. O despertamento espiritual emana do próprio Deus. Como acontece o despertamento espiritual? Acontece quando Deus fala conosco, e nós decidimos dar ouvidos à Sua voz. Quando dizemos sim ao Seu chamado, então a unção que está na Palavra de Deus entra em nossas vidas, nos dá forças, nos levanta, nos desperta e nos faz enxergar algo além das nossas limitações. É isso que o Espírito Santo quer fazer com as nossas vidas, quer nos despertar a cada dia, para alcançarmos à vitória.

Por isso levante-se do comodismo, do sono espiritual, desperta, acorda, pois a seara continua grande e poucos são os obreiros. Deus tem algo grande para fazer através das nossas vidas, mas isso só vai acontecer quando deixarmos o despertamento de Deus tomar conta do nosso ser; quando deixarmos o Seu Espírito nos envolver totalmente, ao ponto de declararmos: “Para mim o viver é Cristo, e o morrer é lucro”, como disse o apóstolo Paulo. Não importa a situação que estejamos passando, o importante é estarmos de pé diante dela. Deus nos chamou para estarmos de pé. O salmista diz no Salmo 20:8 “Uns encurvam-se e caem, mas nós nos levantamos e estamos de pé”. Portanto, “desperta, ó tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te iluminará” (Ef 5:14).

“Levantai-vos e andai, porque não será aqui o vosso descanso; por causa da corrupção que destrói, sim, que destrói grandemente” (Mq 2:10). Deus quer que nos levantemos, e andemos, não adianta se levantar e ficar parado, a ordem de Deus é: “Levantai-vos e andai”. Ande, caminhe, marche, avance, é isso que Deus quer de nós. Não deixe nada te parar; caminhe olhando para o alvo que é Cristo; caminhe com o propósito de cumprir o objetivo Dele em sua vida. Mesmo que em sua frente se levante o Mar Vermelho, a ordem de Deus sempre será a mesma: “Diga ao povo que marche.” Marche em direção ao teu problema que ele sumirá da sua frente. Se estiver marchando, você passará por cima de todos os obstáculos, mas se estiver parado, ele passará por cima de você. Temos que nos levantar e andar, porque não será aqui o nosso descanso. O apóstolo Paulo diz que: “Se esperarmos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens” (I Co.15:19). Portanto devemos nos desprender das coisas que estão nos atrapalhando, pois a nossa pátria é o céu. Por causa da corrupção que destrói sim que destrói grandemente.

Ficou bem claro que devemos nos levantar e andar, porque o nosso descanso não é aqui, e porque a corrupção está destruindo vidas. Quantos têm se corrompido, tem negado o sangue remidor e purificador de Cristo, tem se associado com o mundo, e vivido o mesmo sistema de valores que eles? Quantos estão dizendo que Cristo não cura mais, que Ele deixou os médicos para isso? Outros acham que precisam ter homens influentes na política para que a igreja vá bem, que absurdo! Outros acham que tem que se encher dos bens dessa terra para ser uma pessoa próspera. São pessoas que não só estão dormindo, mas que já morreram espiritualmente. Devemos vigiar em todo o tempo, pois tudo começa com um adormecimento, e se não estivermos atentos, quando dermos por conta, já estaremos mortos espirituais, dando mais valor a criação do que ao criador.

Mas nesta hora, levanta-te na força do Senhor! O Senhor nos convoca a marcharmos contra o sistema do mundo, e desfazermos a obra do príncipe deste mundo, que já está julgado. Deixe que o despertamento de Deus envolva todo o teu ser, e que o Espírito Santo tenha total liberdade de agir em tua vida. “Levanta-te, e resplandece, porque já vem a tua luz, e a glória do Senhor vai nascendo sobre ti” (Is. 60:1).


www.cris-silvano.spaces.live.com - site

Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !

 

Comente aqui e ajude a divulgar esta mensagem para seus amigos no facebook ...

   

 

 

 

  .::: Sinais dos Tempos :::.
  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.

 

•    Quem Somos    •     Fale conosco!     •

Página aberta em: 0,000 segundos

Usuários de Hoje: 9207



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--