Online: 778
 
 
Adoração Profética
( 5130 visitas )

Publicado em: 27/3/2003
Por: Pr. Rodrigo Pinto Viera
Igreja da Paz - Ministério Luz Para os Povos - Anápolis - Goiás
rodrigoadorador@ig.com.br
 

ADORAÇÃO PROFÉTICA


    Se quando menos você esperar, alguém te fizesse as seguintes perguntas: O que é adoração profética? O que é louvor profético? Qual a diferença de louvor profético e adoração profética? A adoração que não é profética, Deus recebe? Diante destes questionamentos, qual seria a sua resposta?
    Durante muito tempo, eu achava que a adoração profética era aquela onde fluíam as profecias, onde eram liberadas palavras de sabedoria e de conhecimento. Não estava totalmente errado, porem a adoração profética é mais do que isso, palavras proféticas, de sabedoria e conhecimento fazem parte da adoração profética, más não termina aí.
    Para estendermos melhor, vamos ver primeiro sobre o louvor profético e a diferença que há entre ele e a adoração profética.

Louvor Profético.

II Crônicas 20:21 ? 22.
Atos 16:25,26.

    O louvor profético tem uma atuação direta sobre os homens, vejamos primeiro a experiência de Josafá.

?Aconselhou-se com o povo e ordenou cantores para o Senhor, que vestidos de ornamentos sagrados e marchando a frente do exército, louvassem a Deus dizendo: Rendei graças ao Senhor, porque a sua misericórdia dura para sempre. Tendo eles começado a cantar e a dar louvores, pôs o Senhor emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os do monte seir que vieram contra Judá, e foram desbaratados?.

Primeiro é preciso entender que sem santidade a unção profética jamais chegará, quando Josafá ordenou aos cantores que entoassem louvores ao Senhor, todos eles estavam vestidos de ornamentos sagrados, ? ...Ordenou cantores para o Senhor, que vestidos de ornamentos sagrados...?.

Isso fala de santidade, é preciso entender o quanto Deus leva isso a sério, sem santidade é impossível ver Deus. Mais adiante iremos entender melhor a necessidade de termos um louvor profético, pois sem ele não haverá adoração profética.
O louvor profético traz a libertação, quebra cadeias e leva o povo a colher os despojos. É interessante que o povo não cantou profecias, palavras proféticas,
Eles apenas deram ações de graça ao Senhor porque Ele é bom e a sua misericórdia dura para sempre.
    Eles estavam indo para uma guerra, no entanto não foram palavras de guerra, brados de vitórias que trouxe a unção profética. Muitos irmãos ministram o louvor, e no período da adoração liberam palavras proféticas e descem do altar achando que o louvor foi profético. No entanto pode ocorrer e infelizmente é o que acontece na maioria das vezes, tudo não passou de teoria, e se formos observar a prática não aconteceu nada. Um louvor que não traz a libertação do povo, que não quebra as cadeias espirituais que cativam o povo de Deus, que não traz cura, batismo no Espírito Santo, conversões de almas...
...eu tenho dificuldades de acreditar que um louvor assim seja profético.
    O louvor profético traz o sobre natural de Deus, não tem como dizer que um louvor foi ou é profético, se não vemos o sobre natural de Deus agindo, é como ter uma linda caneta nas mão e a mesma não ter tinta, ela não deixou de ser caneta, porém não é uma caneta ?profética?.
    A tinta é o sobre natural de Deus, se ele não se fizer presente, o louvor não é profético.
    Além da santidade, é preciso ter também coragem e ousadia para que a unção profética venha.
    ?...E marchando a frente do exército...? Eles estavam na linha do tiro, se os inimigos chegassem com certeza os cantores seriam os primeiros a morrerem. Não há dúvidas que eles tiveram um ato de ousadia e de coragem, o que mais poderia garantir que eles venceriam a guerra se não o próprio Senhor? Havia sobre eles uma palavra de Deus, que eles venceriam (II Crônicas 20:15-17). Há sobre mim, sobre você uma palavra de Deus, de que somos capacitados pelo Espírito Santo, o poder de Deus está sobre nós ( Atos 1:08).
    É preciso ser ousado, pois a unção exige isso, é preciso estar com os ouvidos espirituais atentos para o comando de Senhor, o louvor profético é totalmente dirigido pelo Espírito de Deus.

?Por volta da meia noite, Paulo e Silas oravam e cantavam louvores a Deus, e os demais companheiros de prisão escutavam. De repente, sobreveio tamanho terremoto, que sacudiu os alicerces da prisão, abriram-se todas as portas e soltaram-se as cadeias de todos?. Atos 16:25 e 26.

    Paulo e Silas oravam e cantavam louvores ao Senhor, eles não estavam guerreando, profetizando a sua libertação, eles estavam louvando, o seu louvor profético, trouxe uma unção de libertação onde tremeu as estruturas da prisão, e todos, escute bem, todos foram libertos. Quem estava louvando era Paulo e Silas, Más a libertação veio para todos.
    No prédio onde se reúne a Igreja do Senhor, vem gente de todo jeito, cheias de cadeias, de prisões... Más quando o louvor é profético é liberado sobre nós o sobre natural de Deus, e toda prisão, toda cadeia cai por terra.
    Em resumo, o louvor profético não é aquele que durante a ministração há liberação de profecias, palavras proféticas, etc. Isso tudo faz parte do louvor profético, más o que caracteriza se o louvor é profético ou não, não são teorias, más fatos; as cadeias estão sendo quebradas no período do louvor? Existe cura na ministração do louvor? As pessoas saem libertas? Existe conversões de almas no louvor? Se a sua resposta for sim para essas perguntas, então pode se dizer que o louvor é profético.


Adoração Profética

    O louvor profético tem mais a ver com os homens (cura, libertação, conversão, etc.), enquanto que a adoração profética tem a ver somente com Deus, e esse é o nosso alvo principal, não podemos nos conformar apenas com louvor profético, se não houver adoração, e uma adoração profética, nosso objetivo não foi alcançado, o alvo ficou para traz, e, isso não é bom, ou melhor, é péssimo.
    Sem o louvor profético não tem adoração profética. Porque? Se não há louvor profético, o povo não é liberto, não é curado, etc. com um povo doente e preso a glória de Deus não se manifesta.
    
?E quando em uníssono, a um tempo, tocaram as trombetas e cantaram para se fazer ouvir, para louvar ao Senhor e render-lhe graça; e quando levantaram eles a voz, com trombetas, címbalos e outros instrumentos músicos para louvar ao Senhor porque Ele é bom e a sua misericórdia dura para sempre, então sucedeu que a casa, a saber, a casa do Senhor, se encheu de uma nuvem; de maneira que os sacerdotes não podiam estar ali para ministrar, por causa da nuvem, porque a glória do Senhor encheu a casa de Deus?. II Cr. 5:13 e 14.

    Quão maravilhoso é quando isso acontece na Igreja, essa é a vontade, o desejo de Deus, encharcar o seu povo com a sua glória. Lendo um livro li uma frase que me chamou a atenção, ela dizia o seguinte: ?Louve até que venha o espírito de adoração, adore até que venha a glória e fique na glória?. Como isso é maravilhoso! A glória de Deus só é manifesta quando entregamos uma adoração profética ao Senhor.
    Como eu desejo que você entenda o que é adoração profética, não consigo entender como as pessoas se contentam com tão pouco de Deus, nesses últimos dias Deus tem me enchido com um desejo de querer mais, mais, mais de sua glória, de sua plenitude, de seu poder, de seu abraço, de seu calor, enfim o tudo de Deus. A primeira coisa que precisamos entender, é que é preciso querer, um querer insaciável, um desejo ardente. Dias atrás meu filho Davi, que é um recém-nascido, chorava desesperadamente, minha esposa e eu não sabíamos o que fazer, tínhamos tentado de tudo, más nada o fazia parar de chorar, pelo contrário o seu choro aumentava cada vez mais em intensidade e volume; até que a mamadeira ficou pronta cheia de leite para o seu alimento, ele pegava o bico da mamadeira com tanta força que as vezes eu pensava que ele iria se engasgar com o leite. Foi então que Deus me levou para I Pedro 2:2 ?Desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual...?.
    Precisamos desejar o Senhor desesperadamente, não aquietarmos enquanto não nos sentirmos saciados pela sua glória, e quando isso acontece, quando esse desejo é verdadeiro em nós, a unção profética começa a se fazer presente.
    Como falei no início, vivemos em um país idólatra, e moramos em uma cidade idólatra influenciada, por um espírito de religiosidade; essa idolatria é destruída através da adoração. O diabo desde o início tenta desviar o alvo da adoração, ele quer ser igual à Deus, por isso ele foi expulso do céu, Deus não divide a sua glória com ninguém. Com a sua queda o diabo trouxe seu talento musical e desde então vem usando a música para o exaltar e edificar o seu trono. Isso mesmo da mesma forma que Deus é entronizado em meio aos louvores do seu povo, o diabo também é entronizado em meio a idolatria.
    A adoração profética trás o trono de Deus para a terra, Deus é entronizado, e o diabo é destronado. Não adianta fazer guerra espiritual se os guerreiros não forem adoradores.
    No louvor profético o sobrenatural de Deus manifesta trazendo cura e libertação, na adoração profética o trono de Deus é erigido em nossas vidas; o propósito de Deus na adoração profética, é erigir o seu trono na nação, más para isso primeiro esse trono tem que ser erigido em nossas vidas.
    A unção profética só vira através de uma vida santa, separada para Deus, sem mistura, sem contaminação.



?Quando saíram os sacerdotes do santuário (porque todos os sacerdotes, que estavam presentes, se santificaram, sem respeitarem os seus turnos)?.
    Um grande problema que muitos enfrentam, e eu considero isso de fato como UM GRANDE PROBLEMA, é que os ?santos? irmão que cantam e tocam no louvor, só se preocupam em se ?santificar? e orar no dia em que estão escalados para cantar ou tocar, isso não pode ser tolerado, ou a unção profética não virá e toda a adoração fica comprometida.
    A adoração no templo tinha seus turnos, ou seja, hoje usamos escalas para as ministrações. Os sacerdotes não respeitaram seus turnos para se santificarem, o adorador não tem que orar e ser santo, somente no dia em que estiver cantando ou tocando, ele não deve respeitar os seus turnos para se santificarem, a santidade tem que ser a sua marca registrada, fazendo assim a glória do Senhor virá sobre nós sem dúvida.

?E quando em uníssono, á um tempo tocaram as trombetas...?.

    Isso fala de um só propósito, uma só visão, andando em só direção. Vejo muitos líderes passando dificuldades por ter uma equipe que não sonha os mesmos sonhos, que não tem os mesmos objetivos; uma equipe assim não tem possibilidades de liberar sobre o povo uma unção profética. Muitos seguem a direção do líder, más não crê nos sonhos do líder, isso não é ser uníssono, não basta só obedecer, é preciso acreditar.
    É através da adoração profética que o trono do Senhor será erigido em nossas vidas, cidades, estados e nação. A adoração profética destroe a idolatria e destroniza a rainha dos céus.
     Meu desejo é que você tenha seu entendimento aberto, para entender o propósito de Deus em sua vida, Deus te chamou para ser um adorador, um profeta que não se cala, um shofar que não para de tocar, até que o trono de Deus seja erigido sobre a nossa nação.


                            Pr. Rodrigo P. Vieira
                             Líder do MPA.
Ministério Profético de Adoradores
Informações - 62-321-0065 / 3098-6443

Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !

 

Comente aqui e ajude a divulgar esta mensagem para seus amigos no facebook ...
   

 

 

 

  .::: Sinais dos Tempos :::.
  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.

 

•    Quem Somos    •     Fale conosco!     •

Página aberta em: 0,016 segundos

Usuários de Hoje: 6926



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--