Coloque o WebServos como sua página inicial!
Online: 201
  .:: Canais ::.
 ::: Início :::
 Sinais dos Tempos
 Reflexões
 Evangelísticas
 Estudos Bíblicos
 Espaço Jovem
 Música & Louvor
 Artigos de Louvor
 WebServos Sites
 Igrejas OnLine
 Folhetos Virtuais
 Cartões Postais
 Pedido de Oração
 Intercessores
 Testemunhos
 Recomendação
 Quem Somos



 
 
ESCATOLOGIA UNIVERSAL -O pós-tribulacionismo dispensacional
( 5554 visitas )

Publicado em: 28/5/2003
Por: DENIS FROTA
Comunidade de Nova Vida - Itapajé-Ceará
denisfrota@email.com
 

ESCATOLOGIA UNIVERSAL - O pós-tribulacionismo dispensacional

Em termos dogmáticos somos Pós-tribulacionista, todavia aguardamos a bendita esperança da volta de Cristo a qualquer momento. Além disso respeitamente profundamente nossos amados irmãos e teólogos que pensam de outra forma.

O pós-tribulacionismo dispensacional - cremos que haverá uma tribulação global de sete anos antes da volta de Cristo e que os salvos serão “arrebatados” no final dessa grande tribulação, por ocasião da segunda vinda de Cristo.

Diferenciamos os termos “tribulação” e “ira de Deus”, pois a tribulação será experimentada por todos habitantes do planeta, já a ira de Deus visará somente os ímpios, período no qual os filhos de Deus serão poupados (Ap.3:10) Temos esperança de que, mesmo havendo uma tribulação especial, Deus estará guardando seu povo.

I - PERÍODO ANTERIOR À GRANDE TRIBULAÇÃO
Este período anterior à Grande Tribulação de 7 anos será caracterizado pela:
1) Apostasia - Abandono voluntário da fé; rebelião. 2Ts 2:3 e 1 Tm 4:1
2) Alguns Aspectos Históricos/Proféticos :
1 - A profecia sobre a volta dos Judeus à terra prometida (Ezequiel 36:8-12; 37:21-23):
1.1 Ezequiel profetizou que os judeus voltariam à terra prometida (Ezequiel 37:21-23).
1.2 Depois de 1.900 anos espalhados pelo mundo, os Judeus retornaram em 1948 e lá estão até hoje, contra tudo e todos (Ezequiel 38:8).
2 - Os conflitos entre Árabes e Judeus (Ezequiel 36:33-36).
3- Daniel profetizou que, nos últimos dias, a ciência se multiplicaria. Estamos vendo isto acontecer como nunca na história (Daniel 12:4).

II - A GRANDE TRIBULAÇÃO
A. Conceito e Duração. Concordamos com nossos irmãos pre-tribulacionistas na afirmativa de que a Grande Tribulação seja a 70ª semana de Daniel e, portanto, durará sete anos (Dn 9:27), divididos em dois períodos de três anos e meio cada.
(A metade desse período é apresentada pelas expressões “42 meses” e “1.260 dias”- Ap 11:2-3).
“Porque haverá, então, grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco haverá jamais.” Mt 24.21.
O Império do anticristo - 7 anos. (Daniel 9:26-27).
a) Nos últimos dias o anticristo virá e estabelecerá o seu reinado com a ajuda de dez nações e do Império Romano Restaurado, que nunca caiu plenamente, pois até hoje tem repercussões no cenário político de várias países europeus. A figura do Papa, mesmo residindo no Vaticano e não mais em Roma, continua muito carismática e poderosa. (Apocalipse 17).
Acreditamos que o Império do anticristo durará sete anos, quando então Jesus, o verdadeiro Cristo, voltará para destruir as forças do mal.
b) O último império que o mundo conhecerá será o do anticristo. Ele será destruído quando se levantar contra os Judeus , quando então eles olharão para quem traspassaram, Jesus (Zacarias 12:10). Então o Senhor voltará e toda a nação de Israel se converterá a Ele. Rm 9:27; Rm 11:26
Resumo das Duas Fases do Governo do antiCristo
A 1ª fase do reinado do anticristo - FALSA PAZ (Daniel 9:27).
a) - A aliança com as dez nações. (Apocalipse 17:3, 12-9).
b) - A aliança com a grande prostituta Babilônia (Apocalipse 13:7-9;17:1-9).
....c) - A aliança com Israel e a reconstrução do templo (Daniel 9:25-27).
A 2ª fase do reinado do anticristo - DORES (Apocalipse 9:1-12).
a) A guerra entre as dez nações (Daniel 2:42-43).
b) A destruição da grande prostituta (Apocalipse 17:15-17).
c) A marca da besta e a tecnologia atual (Apocalipse 13:16-18).

B. Ordem dos Fatos.
1. Revelação, Ascensão e domínio do anti-Cristo e do falso profeta (2 Ts 2:3; Ap 13).
    1.1 - A pessoa do anticristo (2º Tessalonicenses 2:3).
    1.2 - Seu poder sobrenatural (2º Tessalonicenses 2:7-10; Apocalipse 17:11-15).
2. Três anos e meio de Falsa paz. 1 Ts 5:3 - Dn 9:27 e Dn 12:11
3. Os homens sem Cristo adorarão a besta e a imagem da besta. Ap 12:8
4. Juízo Divino sobre o mundo. Três séries de juízos ( 7 selos - Ap 6; 7 trombetas Ap 8-9; 7 taças Ap 16).
5. Demônios aprisionados no poço do abismo serão soltos - Ap 9:1-11
6. 144 mil judeus selados por Deus - Ap 7:4
7. 2 Testemunhas profetizam por 3,5 anos, depois morrem e ressuscitam - Ap 12:11
8. Perseguição contra Israel - Tempo de provação e juízo contra Israel (Mt 24:9, 22; Ap 12:13-17). Dn 9:24-27; Ez 20:33-38
9. A Igreja permanecerá na Terra durante todo o período da Tribulação.(Mt 24:22; Ap 12:17; 13:7; 13:10;14:12). Os santos sofrerão intensa perseguição por 3,5 anos - Dn 7:25 (Dn 12:7) - Ap 13:7 - Ap 14:12
10. Os santos serão preservados da ira de Deus - Os juízos de Deus não se aplicam aos santos durante a Grande Tribulação e sim ao domínio do anti-Cristo. Haverá segundo Ap 3:10 uma proteção sobrenatural para os crentes durante a Tribulação, assim como Israel permaneceu no Egito durante as pragas, mas foi protegido de seus efeitos).
11. Nesse período haverá Salvação de multidões (Ap 7)
12. Queda da Babilônia - Sistema de poder econômico e religioso - Ap 17-19
13. Batalha do Armagedom - Com a permissão divina, as nações, induzidas pela Besta e pelo falso profeta, reunirão seus exércitos contra Jerusalém - Zc 14:2; Lc 21:20

        A Batalha do Armagedom
a) A palavra ARMAGEDOM significa Monte de Megido. Também conhecido como a planície ou Vale de Jezreel. Nesse amplo e espaçoso lugar, os exércitos do anticristo estarão congregados para o ataque decisivo contra Jerusalém.
b) Quando Jerusalém estiver cercada pelos exércitos do anticristo e aos Judeus não restar escape, então eles clamarão angustiados pelo auxílio de Deus. Nesta hora, dar-se-á a manifestação de Jesus, revestido com poder e glória (Isaías 52:8; Mateus 24:30).
c) O triunfo de Jesus sobre os exércitos do anticristo será esmagador. Destruindo os exércitos hostis a Israel. O anticristo e o falso profeta serão lançados no lago de fogo e enxofre (Apocalipse 19:20).

14. Jesus voltará visivelmente.

III - A SEGUNDA VINDA DE CRISTO - Ninguém sabe a hora de sua vinda - Mt 24:36.44. Sabemos, no entanto que há sinais que evidenciam sua vinda. Diante destes sinais podemos ter uma noção do período da parousia, não de uma data precisa.
a) A segunda vinda de Cristo acontecerá logo em seguida à Tribulação - Muitos sinais no macrocosmo acontecerão. Os poderes dos céus serão abalados Mt 24:29; Mc 13:24
b) Antes do Milênio - Ap 19:11-21
c) Virá do modo como os apóstolos O viram subir ao céu - At 1:11

Resumo do Assunto
A Volta de Cristo - Cremos não haver dúvida de que a segunda vinda de Cristo se dará numa única fase: Manifestação da pessoa de Cristo em glória e Arrebatamento da Igreja.. "O Noivo vem, mas a noiva sai ao seu encontro" Mt 25
a) A manifestação de Cristo nos ares, após os sete anos de tribulação na terra. Nesse momento todo olho o verá, não como um Cristo abatido e humilhado, mas exaltado e triunfante. Jesus virá com grande poder e glória. (Zacarias 14:4).
b) Os que partiram na fé cristã ressuscitarão incorruptíveis e a Igreja na terra será arrebatada ao encontro do Senhor Jesus, nos ares. (1º Tessalonicenses 4:17).

A Segunda vinda de Cristo envolverá uma série de acontecimentos:
1) Ressoar da Trombeta de Deus - 1 Ts 4:16
2) Senhor Jesus descerá dos céus;1 Ts 4:16
3) Virá com os anjos do seu poder, com exércitos em cavalos brancos - 12Ts 1:7 Ap 19:14; Jd 1:14;
4) Aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, sobre as nuvens, com poder e muita glória - Mt 24:30;
5) Céu aberto - Ap 19:11
6) Todo olho o verá. Ap 1:7
7) Enviará os seus anjos com grande clangor de trombeta, os quais reunirão os seus escolhidos - Mt 24:31 (Da extremidade da terra até a extremidade do céu – Mc 13:27)
8) Os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro, incorruptíveis - 1 Ts 4:16 - 1Co 15:52; Cl 3:4

A Ressurreição dos Justos - Ressurreição para a Vida, na Volta de Cristo Chamada de A PRIMEIRA RESSURREIÇÃO
a) A primeira ressurreição terá lugar quando Cristo voltar (1º Tessalonicenses 4:16; 1º Corintios 15:23) para arrebatar sua igreja e estabelecer seu reino milenar..
b) Não há dúvida de que todos os salvos, do velho e do novo testamento até momento da volta de Cristo serão ressuscitados.
c) Todos os que partiram com Cristo serão ressuscitados no momento da vinda de Cristo. Assim, a primeira ressurreição estará completa (Apoc. 20:4-5).
d) Ela Inclui todos os salvos até o dia da volta de Cristo (I Ts 4:16-(Lc 14:14; Jo 5:28-29).

e) Fim da Primeira Ressurreição. A Primeira Ressurreição Começou com a ressurreição de Cristo e terminará na Sua Vinda:
A ordem - Cristo, As Primícias, depois os que são de Cristo na sua vinda - 1 Co 15:23.

9) Arrebatamento da Igreja - Nossa Posição: Pós-tribulacionista. - Na volta de Cristo, Os crentes vivos serão transformados em seres imortais e incorruptíveis - 1 Co 15:52ss.

Argumentos a favor do póstribulacionismo:
1. Em 2 Tessalonicenses 1.5-10(cf. Apocalipse 6.10) = o juízo dos inimigos dos crentes é na volta de Cristo.
2. As mesmas palavras são usadas para o arrebatamento e para a segunda vinda, logo os dois termos se referem a um mesmo evento: parousia (vinda, chegada, presença) em 1 Tessalonicenses 4.15 e Mateus 24.27.
3. Os santos encontram-se na terra durante o período da tribulação. Ap 13
4. O aparecimento do antiCristo se dará antes da volta de Cristo - 2 Ts 2:3
5. A igreja pode ser preservada da ira durante o período da tribulação, assim como o povo de Israel durante as pragas do Egito. Ap 3
6. Os pais da Igreja nos primeiros séculos criam na volta de Cristo numa única fase. A Doutrina da volta de Cristo em duas fases é do Século XIX - João Darby e Scofield (USA).

O arrebatamento da Igreja será em um átomo de tempo. Acontecerá simultaneamente na volta de Cristo, após a grande tribulação. Primeiro os que dormem em Cristo ressuscitarão, depois os que estivermos vivos, teremos nossos corpos transformados em corpos gloriosos e subiremos para encontrar o Senhor Jesus, nos ares (1º Tessalonicenses 5:1-11; Marcos 13:28-37). 1º Tessalonicenses 4:13-18).

a) Época - O arrebatamento acontecerá na volta de Cristo, no final da grande tribulação. Arrebatamento e a segunda vinda são descritos na Bíblia pelas mesmas palavras.
b) Os crentes vivos transformados serão arrebatados, juntamente com os santos ressuscitados, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares - 1 Ts 4:17
c) Jesus virá à Terra com os santos - Zc 14:5; 1 Ts 3:13
d) Descerá no Monte das Oliveiras - Zc 14:4
e) Descerá em meio à Batalha do Armagedom - Ap 19:19; Ap 16:14-16
f) O Senhor vencerá a Batalha do Armagedom - Ap 17:14; Ap 19:20-21
g) A besta e o falso profeta serão aprisionados e lançados no Lago de Fogo - Ap 19:20
h) Estaremos para sempre com o Senhor - 1 Ts 4:17
i) O remanescente de Israel será salvo - Rm 9:27

Também Isaías exclama acerca de Israel: Ainda que o número dos filhos de Israel seja como a areia do mar, o [remanescente] é que será salvo. Rm 9:27 e assim todo o Israel será [salvo], como está escrito: Virá de Sião o Libertador, e desviará de Jacó as impiedades; Rm 11:26

Advertência - Lucas 21:36
Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que possais [escapar] de todas estas coisas que hão de acontecer, e estar em pé na presença do Filho do homem..
I Jo 2:28
E agora, filhinhos, permanecei nele; para que, quando ele se mani[festa]r, tenhamos confiança, e não fiquemos confundidos diante dele na sua vinda

IV - O Julgamento das Nações (ou dos Gentios).
1. Tempo. Na segunda vinda de Cristo. Mt 25:31-32; 13:40-41
2. Lugar. Vale de Josafá.- Joel 3:1-2; 12-14
3. Juiz. Cristo.
4. Participantes. Os gentios vivos na época da volta de Cristo. Ovelhas e cabritos.
5. Base. Tratamento dispensado aos “irmãos de Cristo, i.e., Israel e Igreja. Mt 25:40-45; Joel 3:3,6-7
6. Resultado. Os escolhidos entrarão no reino milenar; os ímpios serão lançados no lago de fogo.
7. Textos. Mateus 25:31-46; Joel 3:2

V - Satanás será acorrentado e laçado no Abismo por Mil Anos - Ap 20:1-3 - Durante o Milênio Satanás e seus demônios estarão acorrentados e presos no poço do abismo. No fim dos mil anos serão soltos por breve tempo.

VI. O MILÊNIO - Pré-Milenistas Históricos
Definição. O Milênio é o período de 1.000 anos em que Cristo reinará sobre a Terra, dando cumprimento às alianças abraâmica e davídica, bem como a nova aliança. Is 65:17-25.
A. O Tribunal de Cristo - Cremos que o início do Milênio será marcado pelo Tribunal de Cristo. Deve estar implícito o preparo para o Governo Milenar, assim como os últimos adornos para as Bodas do Cordeiro No Final deste Tribunal : Mt 26:29; Ap 19:7.9

O Tribunal de Cristo

2Co 5.10 "porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal."
A Bíblia ensina que os crentes terão, um dia, de prestar contas "ante o tribunal de Cristo", de todos os seus atos praticados por meio do corpo, sejam bons ou maus. No tocante a esse julgamento do crente, segue-se o estudo de alguns de seus pontos.

(1) Todos os crentes serão julgados; não haverá exceção (Rm 14.10,12; 1Co 3.12-15; 2Co 5.10; ver Ec 12.14 ).

(2) Esse julgamento ocorrerá quando Cristo vier buscar a sua igreja e estabelecer seu Reino Milenar (ver Jo 14.3 ; cf. 1Ts 4.14-17).

(3) O juiz desse julgamento é Cristo (Jo 5.22, cf. "todo o juízo"; 2Tm 4.8, cf "juiz").

(4) A Bíblia fala do julgamento do crente como algo sério e solene, mormente porque inclui para este a possibilidade de dano ou perda (1Co 3.15; cf. 2Jo 8); de ficar envergonhado diante dEle "na sua vinda" (1Jo 2.28), e de queimar-se o trabalho de toda sua vida (1Co 3.13-15).Esse julgamento, não é para sua salvação, ou condenação. É um julgamento de obras para galardões.

(5) Tudo será conhecido. A palavra "comparecer" (gr. phaneroo, ) significa "tornar conhecido aberta ou publicamente". Deus examinará e revelará abertamente, na sua exata realidade, (a) nossos atos secretos (Mc 4.22; Rm 2.16), (b) nosso caráter (Rm 2.5-11), (c) nossas palavras (Mt 12.36,37), (d) nossas boas obras (Ef 6.8), (e) nossas atitudes (Mt 5.22), (f) nossos motivos (1Co 4.5), (g) nossa falta de amor (Cl 3.23-4.1) e (h) nosso trabalho e ministério (1Co 3.13). Em suma, o crente terá que prestar contas da sua fidelidade ou infidelidade a Deus (Mt 25.21,23 1Co 4.2-5) e das suas práticas e ações, tendo em vista a graça, a.oportunidade e o conhecimento que recebeu (Lc 12.48; Jo 5.24; Rm 8.1).

(6) As más ações do crente, quando ele se arrepende, são perdoadas no que diz respeito ao castigo eterno (Rm 8.1), mas tudo nos leva a crer que elas são levadas em conta quanto à recompensa dos galardões: "Mas quem fizer agravo receberá o agravo que fizer" (Cl 3.25; cf. Ec 12.41; 1Co 3.15; 2Co 5.10). As boas ações e o amor do crente são lembrados por Deus e por Ele recompensados (Hb 6.10): "cada um receberá do Senhor todo o bem que fizer" (Ef 6.8).

(7) Os resultados específicos do julgamento do crente serão vários, como obtenção ou a perda de alegria (1Jo 2.28), aprovação divina (Mt 25.21), tarefas e autoridade (Mt 25.14-30), posição (Mt 5.19; 19.30), recompensa (1Co 3.12-14; Fp 3.14; 2Tm 4.8) e honra (Rm 2.10; cf. 1Pe 1.7), etc.

(8) A perspectiva de um iminente julgamento do crente deve aperfeiçoar neste o temor do Senhor (5.11; Ffp 2.12; 1pe 1.17), e levá-lo a ser sóbrio, a vigiar e orar (1Pe 4.5,7), a viver em santa conduta e piedade (2Pe 3.11) e a demonstrar misericórdia e bondade a todos (Mt 5.7; cf. 2Tm 1.16-18).

Em resumo:
a) Julgamento das Obras dos Crentes - As obras dos crentes serão avaliadas;
b) Glorificação maior - Dn 12:3 (?)
c) Últimos Adornos para as Bodas/Festas - Ap 19:7-8 (?)
1. Tempo. Na volta de Cristo.- Ap 22:12; Mt 16:27; Lc 14:14;
2. Lugar. (Reino Milenar )
3. Juiz. Cristo.
4. Participantes. Todos os membros do Corpo de Cristo.
5. Base. Obras posteriores à salvação.
6. Resultado. Galardões (recompensas) ou perda de galardões.
7. Textos. Rm 14:10; 1 Coríntios 3:11-15; 2 Coríntios 5:9-10;. 2 Tm 4:8

B - O Governo do Milênio.
O Milênio - Considerações Gerais
a) Ao aprisionamento de Satanás, seguir-se-ão mil anos de paz e de governo perfeito sob o reinado do Senhor Jesus, assinalando o começo de uma nova dispensação (Apocalipse 20:6).
b) Esse período não será o princípio de um mundo novo, mas o fim de um mundo antigo.
c) Dois grupos de povos distintos tomarão parte no milênio: Primeiro - os crentes glorificados, consistindo dos santos do antigo e do novo testamento, da igreja triunfante; Segundo - os povos naturais, em estado físico normal, vivendo na terra, a saber: judeus salvos saídos da grande tribulação, gentios poupados no julgamento das nações e o povo nascido durante o milênio propriamente dito.
d) No milênio, a igreja estará glorificada com Cristo. A igreja exercerá a co-regência com Cristo durante esse período (Apocalipse 21:22-23) revestidos de um corpo glorificado, os salvos estarão acima das limitações do tempo e do espaço sujeitos quando ainda em seus corpos mortais. Terão um corpo como o de Cristo Ressurrecto, que se locomove sem obstáculos e sem barreiras. Dn 7:18.27
e) A própria terra passará por transformações que alterarão sensivelmente, para melhor, o seu clima e sua produtividade. Também os animais sofrerão mudança na sua natureza durante essa época áurea. A ferocidade deles será removida para dar lugar à docilidade. Não mais se atacarão, nem, representarão qualquer ameaça ao homem. (Isaias 65:25).
f) Toda criação, afetada que foi pela queda do homem, de igual modo participará das bênçãos decorrentes do governo milenar de Cristo (Romanos 8:18-23).

1. Milênio - Seu Cabeça será Cristo, Rei sobre toda a Terra (Ap 19:16).
2. Cristo reinará com os santos. Dn 7:18; Dn 7:27
3. Seu caráter. Um reino espiritual que produzirá paz, eqüidade, justiça, prosperidade e glória (Is 11:2-5).
4. Período de longevidade. Is 65:20
5. A justiça florescerá - Is 11:3-5
6. Paz universal - Is 2:4
7. Grande produtividade - Is 35:1-2
8. Governo de âmbito Mundial com Sede em Jerusalém (2:3).
9. Todas as nações (delegações) deverão comparecer a Jerusalém uma vez por ano para celebrar a festa dos Tabernáculos. Zc 14:16-19
10. A prestação de sacrifícios será novamente instituída - Ez 40-48
11. Mudanças substanciais na natureza, relevo da terra. Zc 14:10
12. A terra será habitada como nunca: Jr.30:19,20; Ez.47:22 (Israel e nações).

VII - Satanás será Solto Por breve tempo - A Revolta Final - No fim do Milênio Satanás será liberto. O mundo, após mil anos, estará novamente super povoado. O Diabo ajuntará nações do mundo inteiro, lideradas por Gogue e Magogue, para pelejarem contra o acampamentos dos santos, Jerusalém.(Ap 20). Satanás e as nações envolvidas serão derrotados. Fogo do céu destruirá os exércitos inimigos e Satanás será lançado definitivamente no lago de fogo, a Geena. Ap 20:9

Nações que participarão da Revolta Final:
Gogue - Da terra de Magogue, ( Josefo - terra dos citas, Rússia) príncipe e chefe de Meseque e Tubal. (Atual Turquia) Ez 38:2
Nações que se ajuntarão à Gogue e Magogue:
Pérsia (Irã), Cuche ( Etiópia) e os de Pute (Líbia) com eles, todos com escudo e capacete;
Gomer ( Ucrânia) e todas as suas tropas; a casa de Togarma ( Turquia) no extremo norte, e todas as suas tropas; sim, muitos povos contigo. Ez 38:5-6
Nota - Entendemos que nem todos os povos da terra participarão desta peleja. Algumas nações serão fiéis ao Reino de Cristo Jesus. ( Ap 22:2).

VIII - Julgamento dos Anjos Caídos.
1. Tempo. Provavelmente depois do Milênio. Ap 20:3-4. 7-10
2. Lugar. Não especificado.
3. Juiz. Cristo e os crentes.- 1 Co 6:3
4. Participantes. Anjos caídos. Satanás já está julgado - Jo 16:11
5. Base. Desobediência a Deus ao seguirem satanás em sua revolta.
6. Resultado. Lançados no lago de fogo.
7. Textos. Judas 6; 1 Coríntios 6:3.; 2Pe 2:4

IX - O Grande Trono Branco - Julgamento dos Mortos sem Cristo.
A Ressurreição dos Ímpios - Vergonha e horror eterno - Todos os mortos sem Cristo serão ressuscitados depois do Milênio para comparecerem perante o Grande Trono Branco e serem julgados (Ap 20:11-15). Esta segunda ressurreição resulta na segunda morte para todos os envolvidos. Haverá grau de penalidade.

A SEGUNDA RESSURREIÇÃO SÓ TERÁ LUGAR DEPOIS DO MILÊNIO
(Apocalipse 20:5; 11:13)

Parece que Deus é tão longânimo quanto possível até com os que morreram sem serem salvos. Os perdidos estão em tormento no estado intermediário, mas ainda não estão no lugar definitivo do castigo final. Assim, a bondade de Deus faz adiar o dia do acerto final para depois do milênio. A Segunda ressurreição acontecerá depois do Milênio e dela só farão parte os ímpios.
A) No livro de Daniel, está escrito que muitos dos que dormem no pó ressuscitarão `para vergonha e horror eterno` (Daniel 12:2).
B) No Apocalipse é ensinado que `os não salvos` serão ressuscitados, julgados e lançados no lago de fogo (Apocalipse 20:12-13).

1. Tempo. Depois do Milênio. At 17:31;Ap 20:5-7
2. Lugar. Noutra dimensão, Perante o Grande Trono Branco. Ap 20:11
3. Juiz. Deus/Cristo.
4. Participantes. Todos os não-salvos desde o princípio da humanidade.
5. Base. O que os faz serem julgados é a rejeição da salvação em Cristo, mas o fogo do juízo é a demonstração de que pelas próprias más obras merecem a punição eterna.
6. Resultado. O lago de fogo.
7. A morte e o hades são lançados para dentro do lago de fogo.(Separação e prisão) - Ap 20:14
8. Texto. Apocalipse 20:11-15.

X - O Lago de Fogo - Geena - O destino final dos incrédulos
1. Segunda morte - Ap 20:14; 21:8
2. Lugar onde não morre o verme - Mc 9:44
3. Lugar de Castigo eterno - Mt 25:46
4. Tormento eterno - Ap 14:10-11
5. Perdição, ruína eterna - 2Ts 1:8-9 Fp 3:18-19, Mt 7:13; Rm 9:22 e 2 Pe 3:7
6. Lugar de retribuição - castigo proporcional à maldade cometida - 2 Co 11:14-15; 2 Tm 4:14; Ap 18:6 e 22:12
7. Desprezo eterno - Dn 12:2
8. Fogo inextinguível - Mt 18:8; 2 Pe 3:7 Jd 7;
9. Trevas exteriores - Mt 22:13; 2 Pe 2:4; Jd 6,13
10. Separação de Deus - Lc 13:25.28, 2 Ts 1:9

XI - NOVO CÉU, NOVA TERRA, NOVA JERUSALÉM - O destino dos salvos
A Presente criação será totalmente modificada - 2 Pe 3:7; 3:10-12
(Elementos se desfarão, o mar já não existirá, etc)

1. Novo céu
2. Nova Terra - Ap 21:1
3. Cidade Santa, Nova Jerusalém - Ap 21:2
a) Morada de todos os santos - Hb 12:22-24 - Jo 14:2
b) Trono de Deus e do Cordeiro - Ap 22:3
c) Reino pelos séculos dos séculos - Ap 22:5
d) As nações fiéis no Reino Milenar andarão sob sua luz - Ap 21:26 Ez 37:28

Tudo novo para um novo homem!


Um forte abraço a Davi e demais irmãos do Fórum,

Denis Frota, DD
Pastor Presidente da Comunidade de Nova Vida
Densfrota@email.com



Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !
   

 

 

 

  .::: Sinais dos Tempos :::.
  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.
•    Quem Somos    •

Página aberta em: 0,016 segundos

Usuários de Hoje: 5982



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--