Online: 193
 
 
A MEDITAÇÃO CRISTÃ
( 11634 visitas )

Publicado em: 29/5/2003
Por: DENIS FROTA
Comunidade de Nova Vida - Itapajé-Ceará
denisfrota@email.com
 


A MEDITAÇÃO CRISTÃ


No Ocidente, a introversão é vista como uma anomalia ou, na melhor das hipóteses, como algo não compatível com nossa forma de ser. No Oriente não, muito pelo contrário, a realidade psíquica é a condição única da existência, onde a introversão é uma atitude temperamental habitual e coletiva.
No Ocidente o estilo de vida é a extroversão. Nós cristãos ocidentais temos dificuldade até mesmo de aceitar a meditação como algo bíblico. Excepcionalmente, em condições especiais, alguns ocidentais desenvolvem uma atitude de introversão de vez em quando.

Ocidentais ou não, a dura realidade é que não temos vivido, como igreja, uma vida cristã contemplativa, vertical, de profunda comunhão com o Senhor da Glória. Quase não paramos, pouco meditamos e também pouco ouvirmos o que o Espírito Santo diz.
Estamos inseridos numa realidade horizontal:
O homem tem perdido a capacidade de ouvir a voz profética do Espírito Santo porque tem estado ocupado demais com o plano horizontal. Cada um de nós corre atrás de sua própria vida e interesses próprios.
Não estamos ouvindo o que o Espírito diz e ainda adoecemos interiormente. Pense um pouco em quantas orientações, recados, advertências divinas estamos perdendo. Veja quanto de saúde deixamos de Ter com tanta ansiedade, preocupação e stress.

Cremos que a vida acelerada do atual século seja a característica mais marcante de tanta doença na alma. A humanidade rompeu a aurora do século 21 vivendo ou sobrevivendo com a adrenalina a mil por hora.

As pessoas têm uma vida de qualidade precária como conseqüência do corre-corre das obrigações que as cercam, do galopante estresse da vida moderna, dos traumas físicos e psicológicos, de decisões importantes e constantes a serem tomadas, da angústia e da ansiedade com o dia de amanhã, da instabilidade no emprego, do desemprego alarmante e das freqüentes crises de depressão. As pessoas estão chegando ao limite da exaustão! O ser humano quer paz e tranqüilidade!

Nossa mente precisa de paz! Da verdadeira paz.

Este é um tempo em que Precisamos parar em quietude e meditação cristã.

1- Parar para refazer as forças
2- Parar para Ouvir Deus

"A Bíblia endossa e incentiva a meditação. As palavras ‘medita(o)’ ou ‘meditarei’ ou ‘meditação’ aparecem dezessete vezes na Bíblia. Mas há procedimentos totalmente diferentes na meditação cristã que precisam ser aprendidos.

Para os ocidentais, entrar num estado contemplativo ou meditativo não é tarefa fácil e nem atrativa. Mas na verdade há cenas comuns da vida que podem ser perfeitamente identificadas como um estado contemplativo. Por exemplo, o sentimento que aflora de um casal de namorados apaixonados é contemplativo e às vezes meditativo.
A meditação cristã é a mais elevada de todas as formas de meditação. Ela se processa dentro do homem, na mente e no coração, a partir de dados bíblicos ou outros que evidenciem a revelação de Deus. Estes dados externos são a matéria prima que deve ser trabalhada na meditação. Sem dúvida alguma nossa matéria prima fundamental é a Bíblia Sagrada, todavia meditamos também sobre a beleza e magnitude da criação e outros fatos espontâneos que acontecem em nossa vida e que nos trazem uma lição divina.

Conceito de Meditação Bíblica
“Ler sem meditar é comer sem mastigar”

Meditar, no sentido cristão, significa considerar, mastigar, refletir, imaginar, estudar, murmurar, ter comunhão. Se você perseverar este hábito enriquecerá sua vida Cristã mais do que imagina..
A raiz da palavra meditação implica um processo ruminativo de uma digestão vagarosa das verdades de Deus. Isso envolve um pensamento concentrativo, dirigido. Meditação nas leis, obras, preceitos, palavra e pessoa de Deus.

A meditação é uma habilidade que pode ser treinada e praticada no sentido de aprendermos mais de Deus, sem grandes esforços, descansando.
Ela pode ser um excelente momento relaxante, de repouso, sem perder o estado de alerta. Além dos grandes benefícios que a meditação proporciona ao homem, tais como o desenvolvimento do raciocínio e da concentração, nela aprendemos a ficar a sós com Deus.

"Um processo espiritual e mental de se digerir textos bíblicos de tal maneira que eles se tornem parte ativa na vida da pessoa."

Muitas pessoas recomendam a meditação, mas não a de conteúdo bíblico.
A meditação mundana, esotérica ou oriental, visa esvaziar a mente, o que é muito perigoso, pois baixa nossa guarda e abre as portas para espíritos malignos. Nossa meditação precisa ser bíblica, genuinamente cristã.
A meditação bíblica inicialmente enche a nossa mente, depois o coração, com a palavra de Deus. Sempre têm sido uma parte importante na vida cristã.

O alvo da meditação cristã
1) O cultivo constante de um relacionamento de amor e dependência do homem limitado com o seu único Deus – Maravilhoso, Criador, Onipresente, Onipotente, Onisciente e Ilimitado.

2) Entendimento das Revelações do Espírito Santo – Sabedoria, orientação, discernimento.

Os Benefícios Da Meditação
A meditação bíblica é um ponto de encontro com Deus e através dela podemos esperar revelações, crescimento espiritual, estímulo, coragem e discernimento que nos ajudarão também a inserirmos a verdade em nós. Com a prática da meditação bíblica, a Palavra será acolhida com entendimento e passará a habitar em nós.
Josué 1.8; Salmos 1.2,3; 119.99; Tiago 1.25; Mateus 12.35

Educar-se para ouvir a Deus

Para aprender a ouvir a voz de Deus, para conhecer as "pegadas do Senhor" e “a presença do Espírito que fala” é preciso sensibilidade espiritual e uma boa educação no "discernimento".

1- Parar - Diminuir o curso de atividades
Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra. Sl 46:10

Respondeu-lhe o Senhor: Marta, Marta, estás ansiosa e perturbada com muitas coisas;
entretanto poucas são necessárias, ou mesmo uma só; e Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada. Lucas 10:41-42

A meditação bíblica não pode ser feita com uma leitura rápida ou apressada. A pessoa tem que parar em cada frase ou até mesmo em cada palavra e deixar a mente embeber-se do que Deus está dizendo.

2- Concentrar-se - Ter atenção nos pensamentos – Silêncio e Lugar Tranqüilo são acessórios importantes.

3 - Não Esvaziar a Mente – A meditação cristã não aceita esvaziar a mente . Mente vazia é alvo fácil para a possessão demoníaca.
Quando alguém deixa a mente passiva, como ocorre com a meditação esotérica, a guarda da vontade ( Livre arbítrio) diminui consideravelmente o poder de resistência a qualquer tipo de força invasora. A mente vazia torna-se local privilegiado de ataques malignos.
A meditação cristã e bíblica jamais é direcionada a uma contemplação vazia de algum aspecto da natureza e, tampouco, direcionada à nossa própria intuição, pois o coração do homem é enganoso (Jeremias 17.9).

Faça uma meditação consciente, lúcido e num clima de muita espiritualidade.

4 - Direcionar os Pensamentos a Deus - A meditação cristã é sempre direcionada a Deus, Seus atributos, Promessas, às Suas obras maravilhosas, aos Seus sábios preceitos e à Sua Palavra Sagrada.


5 - Repetir, Decorar e Aplicar – Na meditação bíblica, o indivíduo deve não apenas ler a Bíblia, mas repetir a leitura diversas vezes e pensar repetidamente nas afirmações de Deus a nosso respeito. Quando saturamos a mente com as verdades encontradas na Bíblia , adquirimos um novo modo de pensar e uma nova forma de viver. Existe também o fator fé que vem sobrenaturalmente ao estarmos em contato com a Palavra.
Todo o poder de transformação começará a se desenvolver em nossa mente. UM novo e maravilhoso modo de pensar que se transformação num novo estilo de vida.

Por último deverá haver o esforço consciente de não apenas adquirir novos conhecimentos, mas de vivê-los.

"Quanto amo a tua lei! Nela medito o dia todo" (Salmos 119.97); "Na minha cama, lembro-me de ti; medito em ti nas vigílias da noite" (Salmos 63.6); "Tenho mais entendimento do que todos os meus mestres, pois medito nos teus estatutos" (Salmos 119.99); "Lembro-me dos dias antigos; medito em todos os teus feitos e considero a obra das tuas mãos" (Salmos 143.5).

Não há dúvida de que um dos melhores meios de vencermos uma tensão interior seja a mentalização de textos bíblicos relacionados com a paz, serenidade, tranqüilidade, calma, quietude e segurança. Pastos verdejantes, águas tranqüilas e refrigério para a lama.
A opção espiritualmente correta é meditar na Palavra de Deus, que conduzirá o ser humano pelo único caminho para a cura interior e vida eterna – Jesus Cristo. Você está cansado? Jesus disse: "Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei" (Mateus 11.28). Em Jesus encontramos paz e aprendemos a ouvir a voz do Espírito.


Meditação & Contemplação

1) Contemplação: O que eu penso sobre Deus.
2) Meditação: O que Deus pensa sobre mim.

Contemplando - Admirando
Quanto mais tempo passamos na presença do Senhor, mais nos assemelhamos a Ele. Nós cristãos estamos 24 horas na presença de Deus, mas para que possamos senti-Lo, experimentá-lo e conhecê-lo em proximidade e comunhão, precisamos separar tempo específico para Ele e aprendermos a contemplá-Lo.

*    Aproximar-se do Senhor com reverência, respeito e temor;
*    Aquietar-se, Salmodiar ou Silenciar;
*    Concentrar-se nEle, Desejar vê-Lo;
*    Ouvir o Espírito de Deus;
*    Contemplar seus grandes feitos, sua muita grandeza, seus atributos e caráter. Admirar-se sua beleza e perfeição;
*    Comungar espírito com Espírito. Sentir o gozo da comunhão;
*    Não perder a sintonia espiritual, não desviar a atenção. Ouvir a voz divina.
 Orar especificamente;
 Abrir a Palavra e Esquadrinhar as Escrituras em busca do Tesouro;
 Meditar. Ponderar cada palavra. Relembrar.
 Experimentar a ação do Espírito sobre nosso espírito e mente.

Contemplar é diferente de simplesmente olhar. Quando contemplamos uma paisagem observamos muito mais detalhes do que quando apenas olhamos para ela. As vezes para que vejamos bem basta mudarmos a posição do nosso olhar.

Contemplar a Jesus é olhar atentamente, observar os detalhes, inspecionar tudo, admirar, ficar encantado, fascinado, desejar ser como Ele! Quando contemplamos, começamos a ser transformados, de gloria em gloria, na mesma imagem do Senhor.

Para se conhecer mais a Deus, o que ele diz a nosso respeito, os pensamentos bíblicos, promessas e orientações devem ser ruminados calmamente num processo de pensamentos calmos, investigativos e contemplativos.

Princípios gerais na prática da meditação cristã
- Para a prática da meditação cristã necessitamos de Um Local Tranqüilo.
Um canto, um quarto, um local a sós com Deus. Deus se encontrará com você em qualquer lugar. Sl 91; Gn 24.63
- Para meditarmos precisamos de Quietude.
Um local longe da conversação familiar, das pessoas, longe dos barulhos da rua, telefones e televisão. Existe esse local onde você mora? É um lugar tranqüilo? Procure Ter seu lugar secreto com Deus.
- Para meditarmos precisamos de Auto Disciplina
É necessário praticar freqüentemente a meditação. Cuide das distrações e tentações que possam querer entrar em sua mente no momento da meditação. Concentre-se na passagem bíblica lida.
Tenha um bloco de anotação próximo de você para anotar rapidamente o que a memória orienta ou o que Deus revela. Seja paciente. É normal demorarmos alguns minutos para termos silencio interior. Ore e convide ao Senhor para orientar sua meditação.
- Para meditarmos precisamos de algo que nos chame a atenção
Pode ser um verso bíblico que apresente algo de seu interesse, ou outra coisa que lhe chame a atenção naquele momento.

1- Sugestão simples para um programa de meditação

A- Determine um lugar que seja confortável e calmo;
B- Separe um horário na semana de pelo menos meia hora para ler e memorizar um texto bíblico;
C- Escolha um trecho que tenha alguma ligação com o momento que você está vivendo ou alguma área da vida que precisa de mudança.

D- Escreva o trecho, tenha-o sempre a mão
E- Durante três dias seguintes relembre o versículo pelo menos três vezes por dia:
a) Ao acordar
b) Ao sentar em casa - à tarde
d) Antes de se deitar para dormir
F- Agora que você já sabe bem o texto, personalize-o

G- Comece a analisar sua vida e verifique onde você pode aplicar os pensamentos de Deus que foram assimilados.

A Meditação Cristã visa fazer com que as verdades bíblicas sejam absorvidas por nossa vida.

H- Nova semana, novo texto (Sl.119:11 escondi a tua palavra....Jo.15:7 Se vós estiverdes em mim...)

2- Outro Modelo de Meditação

1- Prepare o ambiente

Desligue o telefone. Avise às outras pessoas da casa que você vai meditar na Palavra de Deus ou coloque um aviso na porta do quarto para não ser incomodado. Não é preciso muito silêncio, mas ele é importante. O ambiente escolhido deve ter entrada de ar fresco. Acomode-se bem, numa cadeira, numa cama, sofá ou mesmo no chão. Coloque sua Bíblia no local onde vai meditar. Depois de escolher a melhor postura física para você, fixe seu pensamento na Palavra. Desligue-se do mundo secular. Absorva-se na Palavra.

2 - Tenha aquele momento como sagrado. Queira ler a Bíblia. Deseje ouvir Deus.

3- Faça uma oração de ação de graça ou de contemplação. Agradeço os grandes feitos de Deus na sua vida. Peça revelação, sabedoria e graça para compreender as Escrituras.

4- Leia um texto calmamente, lentamente. Fique atento para uma palavra que parece ser especial naquela ocasião. Leia mais uma vez. Guarde a passagem na mente e no coração.

5- Examine-se. Veja se não está tenso. Procure uma posição mais confortável. Se estiver tenso é bom deixar um som instrumental de louvor, baixinho como fundo de ambiente para ajudar no relaxamento.

6- Faça sua meditação de olhos abertos. Depois experimente fazê-la de olhos fechados. Com o tempo você perceberá qual o modelo melhor para você.
A meditação cristã, cujo processo tem o seu início na mente humana, não deve ser superficial. Ela será uma reflexão mais prolongada e terá melhor desempenho com a total concentração num texto bíblico, podendo referido texto ser analisado com a imaginação de uma cena relacionada com a passagem bíblica específica, fornecendo deste modo um melhor subsídio de compreensão e retenção de dados na memória.

7- O sair da meditação é também muito importante. Ele é o tempo para se voltar a agir e todo o objetivo da meditação é levar o seu conteúdo para a vida do dia-a-dia.
Você pode fazer uma oração final de gratidão a Deus por aquele momento de comunhão antes de sair do lugar.


Um forte abraço,

Denis Frota, DD
Pastor Presidente da Comunidade de Nova Vida
Itapajé-Ceará
Denisfrota@email.com




Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !

 

Comente aqui e ajude a divulgar esta mensagem para seus amigos no facebook ...

   

 

 

 

  .::: Sinais dos Tempos :::.
  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.

 

•    Quem Somos    •     Fale conosco!     •

Página aberta em: 0,017 segundos

Usuários de Hoje: 18528



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--