Online: 215
 
 
Vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade.
( 2224 visitas )

Publicado em: 21/4/2009
Por: Josias Moura de Menezes
Igreja Betel Geisel - João Pessoa Paraíba
josiasmoura@gmail.com Site: www.josiasmoura.wordpress.com
 

SERMÃO: “…Vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade…”
Postado no 19/04/2009 por josiasmoura | Editar

(Pregado pelo Pr Josias Moura de Menezes, na Igreja do Betel Brasileiro no aniversário do ministério Serenata)

João 4:23 Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.

1. Introdução

Aqueles que adoram o Pai sempre existiram. Desde que o mundo existe, sempre existiram os que o buscam e o adoram em espírito e em verdade.

Os adoradores de Deus não se limitam a tempo e cultura. Eles vêm dos mais variados lugares e contextos históricos:

Abel adorou ao Senhor, pela fé, ao oferecer a Deus um sacrifício mais excelente do que o de Caim. Comparar Gênesis 4:1-5 e Hebreus 11:4. Noé adorou quando “edificou… um altar ao Senhor; e tomou de todo o animal limpo, e de toda a ave limpa, e ofereceu holocaustos sobre o altar”. Gênesis 8:20. Abraão adorou quando - à ordem de Deus - tomou o filho amado, Isaque, e fez uma viagem de quase três dias à terra de Moriá, a fim de oferecê-lo em sacrificio sobre o altar. Gênesis 22:1-14 e Hebreus 11:21. Jacó adorou ao contemplar as promessas da aliança de Deus em relação à terra de Canaã. Gênesis 17:28-31 e Hebreus 11:21. Josué caiu por terra e adorou - como está registrado em Josué 5:14. Gideão adorou após Deus lhe assegurar a vitória sobre os midianitas. Juízes 7:15. Samuel adorou. 1 Samuel 1:28. Davi adorou após a morte do filho que Bate-Seba lhe dera. Em 2 Samuel 12:19-20, lemos: “…..Então Davi se levantou da terra, e se lavou, e se ungiu, e mudou de roupas, e entrou na casa do Senhor, e adorou”. 2 Samuel 12:19-20. Os levitas adoraram ao Senhor na época do rei Ezequiel, após o templo ser purificado e o culto a Deus restaurado. 2 Crônicas 29:30. Os anjos adoraram quando Deus trouxe Seu Filho Unigênito ao mundo. Hebreus 1:6. Os magos, que vieram à Belém logo após o nascimento de Jesus; Mateus 2:11.

E, assim, no decorrer dos tempos, os adoradores continuam aparecendo, em todas as épocas da história. Eles surgem de lugares e culturas diferentes.

Jesus sabiamente afirma no texto que lemos: “…vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.” João 4:23

2. Os adoradores de Deus tem muita coisa em comum.

2.1 Primeiramente, eles não estão interessados em se acamparem ao redor de verdades e doutrinas já conhecidas por todos. Ao contrário, não se acomodam: estão sempre atrás da doce presença do Todo-Poderoso.

Sua busca pode causar espanto à Igreja mas, geralmente, os adoradores de Deus são tomados por um sentimento que os impulsiona fortemente a irem ao encontro manifestação da poderosa presença de Deus em suas vidas. Os adoradores estão à procura de algo para saciar a fome que lhes corrói a alma: A fome da presença de Deus.

2.2 Os adoradores de Deus não se contentam apenas em saber muitas coisas sobre Deus, mas em conhece-lo.

Você pode saber tudo sobre pessoas importantes, realezas e celebridades; pode conhecer seus hábitos alimentares, endereço, estado civil. Mas, saber sobre eles não significa ter intimidade com eles, não significa que você os conheça.

Por muito tempo muitos crentes só tem conhecido fatos sobre Deus. Saber a respeito de Deus não é o suficiente. Existem pessoas que poderiam um concurso sobre temas bíblicos, mas que não O conhecem, se relacionam com Deus superficialmente. A Intimidade com Deus é para aqueles que o conhecem e o adoram em espírito e em verdade.

3. Deus está vindo para restaurar a Igreja e a adoração. Jesus diz: “Vem a hora e já chegou…”.

Porém, entenda que o Senhor não vai derramar Seu Espírito onde não há fome d’Ele.

É importante entendermos o que Jesus quer dizer quando fala “Vem a hora e já chegou…”.

3.1 Isso significa que Ele procura pelos famintos.

Ter fome significa não estar satisfeito com a “mesmice”, porque ela nos obriga a viver sem o Senhor em Sua plenitude. Ele só vem quando você está disposto a se voltar totalmente para Ele. Deus está voltando para restaurar a Sua Igreja, mas você tem que estar faminto.

3.2 ” Vem a hora e já chegou” em que Ele quer Se revelar entre nós.

Deus quer vir sobre as nossas vidas cada vez mais forte, mais forte e mais forte, até que a nossa carne não seja mais capaz de suportar.

Sabe qual é a beleza disto? É que nem mesmo os perdidos ao nosso redor serão capazes de resistir. Imagine que venha o dia em que os pecadores mudarão seu rumo nas ruas, estacionarão com olhares confusos e vão bater à nossa porta, dizendo: “Por favor, existe algo aqui, como posso ter isto?”.

3.3 “Vem a hora e já chegou” em que Deus quer Se mover na Sua Igreja.

Quando foi que você se sentiu tão faminto por Deus, que sua fome o consumiu a ponto de você não mais se importar com o que as pessoas pensassem de você? Eu o desafio a esquecer cada perturbação, cada opinião, e pedir a Deus que se mova dentro de você como um rio que está agitado.

Em nome de Jesus busque a presença do pai. Seja um adorador de Deus.

Nosso problema é que nunca estivemos realmente famintos de Deus e de adorá-lo.

Temos permitido que as coisas deste mundo preencham nossas vidas e “saciem” nossa fome. Temos ido a Deus semana após semana, ano após ano, simplesmente para que Ele preencha alguns pequenos espaços vazios. Eu digo a você que Deus está cansado de estar em segundo lugar em nossas vidas. Ele está cansado até mesmo de ser o segundo na programação e na vida da igreja!

Acho que já vejo uma chama na vida de alguns. E a chama da adoração. Deus irá inflamá-la.

Diga comigo: Senhor, quero somente a tua presença. Estou tão faminto. Quero ser um adorador.

4. Conclusão

Em Lucas 7:36. Jesus estava numa sala. Ali havia um religioso e uma adoradora. A adoradora regava seus pés com suas lágrimas, os enxugava com seus cabelos, e os perfumava com perfume caro. O religioso apenas a julgava. A adoradora se quebrantava na presença de Jesus, o religioso não expressava sentimentos e emoções. A adoradora reinvidicava perdão e misericórdia de Deus para seus pecados, o religioso sentia-se puro e cheio de justiça própria. A adoradora tinha sede da presença de Deus o religioso não.

Nesta história, é a adoradora que alcança maior misericórdia, que é exaltada, que recebe maior atenção de Deus, e que alcança o perdão, simplesmente porque agiu como adoradora. Sejamos nós imitadores do exemplo desta mulher. Sejamos adoradores sedentos do mover de Deus em nossas vidas.

Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !

 

Comente aqui e ajude a divulgar esta mensagem para seus amigos no facebook ...

   

 

 

 

  .::: Sinais dos Tempos :::.
  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.

 

•    Quem Somos    •     Fale conosco!     •

Página aberta em: 0,000 segundos

Usuários de Hoje: 1599



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--