Coloque o WebServos como sua página inicial!
Online: 294
  .:: Canais ::.
 ::: Início :::
 Sinais dos Tempos
 Reflexões
 Evangelísticas
 Estudos Bíblicos
 Espaço Jovem
 Música & Louvor
 Artigos de Louvor
 WebServos Sites
 Igrejas OnLine
 Folhetos Virtuais
 Cartões Postais
 Pedido de Oração
 Intercessores
 Testemunhos
 Recomendação
 Quem Somos



 
 
As quatro propostas do diabo para parar o crente!
( 2761 visitas )

Publicado em: 8/2/2010
Por: Joaquim S. Guimas
Assembléia de Deus de Madureira - Manaus/Amazonas
joaquimguimas@hotmail.com
 


Êxodo Cap. 8.25 e 8.28, - 10.07 e 10.24.

Estamos vivendo em tempos difíceis, tempos trabalhosos, tempos nos quais temos visto claramente o diabo agindo sobre a terra. Devemos em todo o tempo dizer não para as propostas de nosso adversário! Não podemos ficar só em palavras, temos que tomar uma atitude e jamais acatarmos as suas sugestões. Ele fica estudando dia a dia uma maneira para nos fazer cair, de parar a obra que Deus tem em nossas vidas.

Espalhados pelo mundo afora, existem templos satânicos, onde as pessoas tem ido para adorá-lo e levam todos os tipos de projetos importantes da sua vida para consagrarem a ele. Temos visto cada vez mais pessoas entregarem a sua alma em troca de riquezas na terra. Descaradamente o diabo tem conquistado cada vez mais adeptos em seu nome com aqueles que já não clamam mais pelas coisas do alto.

Quantas pessoas infelizmente estão ouvindo “a sua voz”, aceitando as suas propostas, confundindo pessoas fracas na fé, que já não se importam com o conhecimento da palavra de Deus. Nesses pactos vemos pessoas que se suicidam, sacrificam vidas humanas de crianças e animais, matam arrancando vísceras para dedicarem ao altar do diabo. No Brasil é absurdo o número de pessoas desaparecidas, e muitas delas não são encontradas. As crianças são as maiores vítimas. Inocentes e indefesas, são mortas e torturadas em rituais de sacrifícios dos adeptos do inferno.

Moisés nunca se curvou diante das propostas de Faraó, e com essa atitude Deus o honrou e libertou o seu povo das garras do faraó. Em Êxodo 8: 25,28; 10: 7, 10,24, nos falam das Quatro Propostas que Faraó (diabo) fez a Moisés.

A primeira proposta: Ex. 8:25 - Adorar a Deus nesta terra.

Faraó queria que Moisés tivesse compromisso com ele. Ele permitiria que os hebreus oferecessem sacrifícios, mas isto teria de ser nas redondezas. A ordem de Deus era clara: os hebreus deveriam deixar o Egito. Os crentes são muitas vezes persuadidos a obedecer às ordens de Deus apenas parcialmente, mas o compromisso e a obediência para com Deus não podem ser negociados. Os princípios e os decretos de Deus não podem ser mudados ou desobedecidos!.

Em se tratando de obediência a Deus, o meio termo não satisfaz. O objetivo do diabo era tirar Moisés do propósito do Senhor. A intenção de faraó era que Moisés saísse do centro da vontade de Deus. Pois a ordem do Senhor era que fosse oferecido sacrifício, que adorassem na terra que o Senhor lhes prometera.

Moisés, como servo de Deus, não aceitou a proposta do diabo. É assim que devemos agir a cada dia; dizer NÃO ao diabo. “Resisti ao diabo e ele fugirá de vós” (Tg 4:7). É o mesmo objetivo o diabo tem com as nossas vidas. Por isso ele sugestiona todos os dias que pequemos contra o Senhor.

A segunda proposta: Ex. 8:28 - Não ir longe.

Faraó (diabo) pede para Moisés que não fosse além do deserto, que os hebreus não se distanciassem demais, pois não queria que aquele povo ficasse demasiadamente longe de seu olhar. Há nessas palavras um plano diabólico arquitetado pelo faraó, que Moisés percebe de imediato a trama da proposta.

Mais uma vez, Moisés se nega a obedecer a voz do poderoso Faraó. Na verdade o plano de Faraó era para que os israelitas sacrificassem animais que, para os egípcios eram considerados sagrados, sendo portanto uma ofensa para aquele povo.
Moisés estava preocupado com a reação violenta que seria desencadeada ao sacrificar os animais tão próximos dos egípcios!. O diabo sabe que o crente cheio da unção, da palavra, e do poder de Deus, é uma ameaça para ele.

Por isso, essa expressão de não ir longe, Satanás quer que você pare; que não vá adiante. Enquanto o nosso Deus nos diz para avançarmos, para prosseguirmos.

Oséias 6:3 diz: “Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor”. Portanto, não devemos deixar que nada nos PARE. Para o diabo e suas sugestões, só lhes resta um lugar pra eles, que é debaixo dos nossos pés.

A terceira proposta: Ex. 10:7 - Que só os homens fossem adorar ao Senhor.

Moisés não aceitou, pois todos devem ter liberdade para adorar e servir ao Senhor. Não é só uma classe de pessoas, mas todos, homens, mulheres, jovens e crianças são convocados para adorar ao Senhor.

Moisés não teve dois tipos de resposta, o seu NÃO foi uma resposta direta para aquele soberano do Egito. Toda a nação tinha que participar da festa. Da criança até o idoso. Faraó queria a qualquer custo neutralizar a ordem dada a Moisés, motivando a partirem somente os homens, ficando os mais velhos, as mulheres e as crianças. Faraó insinuou que estes últimos encontrariam sérias dificuldades de permanecerem por longos dias no deserto.

Faraó a essa altura, já sabia que não podia contar muito com os seus conselheiros, pois vieram até ele e informaram que o Egito estava quase todo destruído. Por causa disso, seus conselheiros recomendavam a Faraó deixar partir todo aquele povo. Esses conselheiros tinham tomando uma decisão realista e muito sábia naquela ocasião, pois diante da situação que se encontrava aquela nação, o povo não estava mais suportando os castigos enviados por Deus.

O segredo é nos mantermos firmes e não nos curvarmos diante das sugestões do diabo. Se você tem uma palavra de Deus, uma direção cumpra-a, custe o que custar. Devemos a todo custo guardar a palavra que o Senhor nos deu, e Ele disse: “Quando houveres tirado o povo do Egito, servireis a Deus nesse monte” (Ex 3:12b).

A quarta proposta: Ex. 10:24 - Que os animais ficassem.

Faraó queria que ficassem os animais, pois assim o povo não teria como sacrificar ao Senhor. Satanás é astuto, a todo custo ele queria impedir o objetivo do povo. Tirando-lhes os animais como sacrificariam ao Senhor? Não deixe que satanás roube o que você tem de melhor para ofertar ao Senhor, que é a sua própria vida.

Faraó sabia muito bem que Moisés estaria desobedecendo a ordem do seu Deus, se prevalecesse a sua vontade satânica!. Por isso, cada vez mais o faraó insistia para que a vontade e a força de Moisés fossem lentamente enfraquecida. Ora, faraó era um grande adorador de Ra, o deus-sol, que durante séculos foi o deus principal do Egito.

Interessante que cada faraó chamava a si mesmo de “o filho de Ra”. No tempo de Moisés, este deus era identificado com Amón e levava o nome de Amón-Ra. Os maiores templos, embora o mundo jamais tenha visto, foram edificados em sua honra, e um deles foi o magnífico templo de Karnak no Alto Egito, que hoje, encontra-se em ruínas.

Mais uma vez Moisés não deixou o faraó dominar a situação, ele entendeu que o coração endurecido de faraó não estava disposto a aceitar facilmente a saída do povo hebreu sem que Faraó estabelecesse também a sua condição. Todavia, Moisés já tinha declarado anteriormente ao faraó que só partiria com seu povo, isto é, se fossem com ele, todas as famílias e todos os animais, e de maneira nenhuma voltaria atrás a sua decisão.

Aparentemente essa estratégia do Faraó parecia razoável, mas havia segundas intenções!. Queria demonstrar para Moisés uma preocupação de zelo por aqueles rebanhos, achando que os animais não viveriam por muito tempo, devida as péssimas condições do deserto. A intenção de Faraó na verdade, era assegurar o regresso de todos os hebreus, pois sabia que sem os seus gados não poderiam prestar suas celebrações religiosas (cultos).

Moisés fez o que era correto aos olhos do Senhor: recusa mais uma vez aquela equivocada proposta do faraó!.

Muitos pegam esse texto para dizer que não devemos deixar o diabo nos prender para ofertarmos ao Senhor; Só que essas pessoas falam de uma oferta terrena, de bens desta terra, e se esquecem da maior oferta que possamos dar ao Senhor, que é a nossa vida, em sacrifício vivo, santo, e agradável ao Senhor, que é o nosso culto racional (Rm 12:1).

Não estamos mais no tempo da lei, glória a Deus! Estamos no tempo da graça. Não precisamos sacrificar animais ao Senhor, pois o Cordeiro Pascoal que tira o pecado do mundo, já foi imolado pelos nossos pecados. Observe que Moisés não se curvou diante das propostas de Faraó, e com essa atitude Deus o honrou e libertou o seu povo das garras de Faraó (do diabo).

Quando lemos a palavra de Deus, podemos verificar que o diabo sempre quis adoração e adoradores. Por ser um imitador das coisas de Deus, certa vez falou ao próprio Senhor Jesus dizendo: “Tudo isso te darei se prostrado me adorares”.

O que tem de homens e mulheres dando seus corações por prazeres, luxos, riquezas, e fama por alguns anos na Terra, esquecendo que tudo isso um dia vai passar. Não estão atentando para o perigo que correm suas vidas e nem se importam com o dia de amanhã. Muitos até sabem, que num segundo, poderá acontecer de perderem suas vidas, e passarão para um mundo de densas trevas que os aguarda para punir todos aqueles que praticaram iniqüidades. Infelizmente, será tarde demais!. Estarão sendo lançados no mundo onde o tempo parece não passar, é um mundo cheio de dores, angústias e prantos eternos!.

O verdadeiro propósito do inferno é continuar nos sugestionando para nos fazer desviar dos caminhos do Senhor. Pense bem nisso!. O diabo nunca desistirá de nós enquanto não estivermos caído por terra, sem forças, e sem vontade de clamar pelo socorro de Deus. Assim como Deus tem determinados decretos nas nossas vidas, o diabo também tem seus desígnios. Ele sabe esperar, atacar, destruir, seduzir, qualquer crente que não esteja em completa obediência com Deus.

Cabe a todos nós uma única alternativa: ACEITAR ou Não!.

Nós decidiremos onde iremos nos aposentar na Eternidade: NO CÉU OU NO INFERNO!

Isso é você é quem vai decidir!!.


Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !
   

 

 

 

  .::: Sinais dos Tempos :::.
  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.
•    Quem Somos    •

Página aberta em: 0,000 segundos

Usuários de Hoje: 5962



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--