Online: 220
 
 
QUANDO VEM OS DESAPONTAMENTOS
( 3356 visitas )

Publicado em: 26/4/2010
Por: Pastor Tales Teodoro Garcia
Assembléia de Deus Campo de Campinas – Vianópolis - GO
pastortales@hotmail.com
 

Quando vêm os desapontamentos
Lc 24-13,35

Introdução: É natural ao chegar a uma virada de ano e começarmos a fazer uma avaliação em nós mesmos, e muitas vezes ficamos decepcionados.
    Tudo que planejamos, projetamos, nós não conseguimos, e isso nos traz grande desapontamento.
    O texto que lemos fala de ano novo, mas fala sim de uma mudança de situação, algo que causou grande decepção em várias pessoas.

1.    A grande decepção

Durante três anos e seis meses várias pessoas seguiram Jesus tornando seus discípulos. Viram Jesus curando enfermos, restaurando visões de cegos, multiplicando pães, ressuscitando mortos.

    Agora Jesus entra em Jerusalém aclamado pela multidão, mas poucos dias depois, foi preso no Getsêmani, e a mesma multidão que gritou: “Hosana, Bendito o que vem em nome do Senhor”, agora diante de Pilatos gritou: “Crucifica-o”.

    Jesus é entregue aos seus inimigos e pendurado na cruz, morre e é sepultado.

    Que decepção, que grande desapontamento para seus seguidores, vendo o seu mestre ser morto e sepultado.
    Jesus disse várias vezes que iria para Jerusalém e lá seria crucificado e que depois de três dias ele iria ressuscitar. Jesus disse isso por 316 anos, mas podemos dizer que eles não entenderam. O próprio Jesus nos prova isso (Lc 24-25,26).

    É porque eles pensavam que Jesus havia vindo para libertar Israel do jugo do império romano, por isso ele foi recebido com glória na entrada triunfal. Todos pensavam que Jesus iria restaurar Israel à condição de reino. Isso que Judas pensou ao traí-lo: “Eu traio Jesus, ele é preso, o povo se revolta e aí começa a revolução!”, mas para os judeus que o seguiam foi uma decepção.

    Jesus nos portões de Jerusalém começa a chorar ao invés de receber uma coroa. Jesus é preso pelos principais dos fariseus. O povo ao invés de se revoltar pede a sua crucificação. Ele é açoitado, crucificado e morre na hora nona.

    Que grande desapontamento para os seus discípulos.

2.    A decepção dos seus discípulos no caminho de Emaús

Logo que lemos esse texto nós podemos ver o desapontamento dos dois discípulos de Jesus. O coração deles estava partido, cheio de desilusões. Isto fica muito claro quando lemos a maneira como eles estão caminhando (Lc 25-14).

    A Bíblia não diz o que eles discutiam, ou pelo menos não interessou ao escritor (Dr. Lucas), escrever sobre o que eles discutiam, mas não é difícil entender o que está nas entrelinhas.

    Por que as pessoas se voltaram contra ele? Por que ele não desceu da cruz? E agora, o que vamos fazer? Esse tipo de conversa, era a conversa entre aqueles dois desapontados.

Quando somos desapontados?

    Quantas vezes isso ocorre conosco também! É quando chega um início de ano que nós avaliamos e encontramos vários desapontamentos.

    Projetou no ano passado um carro novo, casamento, sair das dívidas, mas ainda sim você está nessa bicicleta velha, solteirão e atolado nas dívidas. Que desapontamento!

    Quando não alcançamos nossos projetos, aí vêm os nossos desapontamentos! Ainda mais que somos enganados por pregações e literaturas que dizem que nossos sonhos são os sonhos de Deus.

    Desapontamento lembra o povo de Israel no deserto quando sedento após três dias de caminhada sem água, e quando chegaram a Mara as águas eram amargas (Ex 15-23,27), que grande desapontamento daquele povo.

    Existem males que o desapontamento nos traz:

1.    Nos cega

Os discípulos desapontados a caminho de Emaús não conseguiram conhecer o varão que estavam com eles no caminho. Quando estamos desapontados não enxergamos a presença de Deus no nosso caminho.

Mesmo que Deus não realizou todos os seus projetos do ano, mesmo assim ele esteve com você todos os dias nessa caminhada.

2.    Endurece o coração

O desapontamento além de cegar faz o coração se endurecer. Ficamos calejados, quando chega uma boa notícia não queremos ouvi-la, com medo de ficarmos novamente desapontados.

Olha o que aconteceu com os discípulos em Lc 24-22,24.

Este, porém mostrar a dureza em que estava o seu coração. Eles pensavam no ditado “Se você me engana uma vez à vergonha é sua, mas se você me engana duas vezes a vergonha é minha.”.

Estou enfrentando grandes desapontamentos, o ano que passou foi uma derrota. Meus projetos não foram alcançados, e agora! Estou desapontado!

Mas agora é isso que eu quero estudar hoje: Como Jesus curou a decepção dos dois discípulos a caminho de Emaús?
1.    Foi até eles

Com certeza em momentos da nossa vida enfrentamos decepções. Isso é natural, é humano. O perigo é transformar essa decepção em raiva.

Você não pode se aproximar da linha que divide decepção e raiva, ódio e amargura, pois você pode ser tentado a ultrapassá-la.

Pare, ore! Busque a Deus, coloque seu coração ferido nas mãos de Deus e saiba que Ele entende seu coração e ele vai ao seu encontro como foi aquele dia até aqueles discípulos curar corações decepcionados (Lc 25-15).

Foi isso que ele fez com Pedro (Jo 21-15,18). Jesus não vai ficar sentado no banco de traz vendo você afundar na decepção. Se você pedir, ele vem até você.

2.    Deus vai nos mostrar que nossas expectativas às vezes são erradas

Os discípulos pensavam que Jesus viria restaurar Israel como reino. Decepcionaram-se quando ele foi morto (Lc 25-19,21). Graças a Deus que Jesus não fez o que eles queriam.

Eles eram crentes fiéis, obedientes, mas se Jesus tivesse libertado-os, Jesus seria rei, eles seriam livres dos romanos, mas nós não seríamos livres do pecado.

Você se decepcionou pelo projeto que Deus não realizou, mas isso é porque Deus quer algo melhor para você. Talvez Deus não te desse o carro que você pediu porque se não você se desviaria do evangelho. Talvez Deus não te curou para que você aprenda algo com a dor.

Não é fácil quando Deus não realiza algo que queremos, mas ele não faz porque tem algo maior para nós.

Desapontamento é curado por expectativas renovadas.

Quando os discípulos disseram que estavam desapontados porque Jesus morreu sem remir Israel, Jesus começou a pregar a palavra a eles (Lc 25-27).

A cura de Jesus para o coração de desapontados é a própria história dEle. Jesus voltou 2000 anos atrás e falou da história de Moisés. Porque Jesus fez isso, começou a curar os corações contando a história de Moisés? Para mostrar que Deus ainda está sobre o controle da situação.

Jesus morreu e não foi um desastre nem uma tragédia. Estava nos planos e nos projetos de Deus.

Desde Moisés falava-se que o Cristo iria vir e padecer e ressuscitar, nada estava fora de controle.

Você está desapontado, está decepcionado? Leia a Bíblia, a história deles é igual a sua. O desafio é grande? Leia a história de Moisés atravessando o mar Vermelho. São muitas as preocupações? Leia a história do povo no deserto, não tinha açougue, nem Shopping, nem Hipermercados. Suas feridas são profundas? Leia a história de José perdoando seus irmãos.

Seus inimigos são muitos? Leia a história de Josafá cantando para ser vitorioso. Seus desapontamentos são muitos? Leia a história de Emaús. Estavam decepcionados com o Messias morto, mas ele estava bem no meio deles e eles só perceberem isso quando comeram com ele.

Da próxima vez que você ficar decepcionado, não se desespere, não desista Se neste ano que está se iniciando nem todos seus projetos forem realizados, então se lembre que ele está no comando nada vai chegar ao fim sem que ele determine.


Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !

 

Comente aqui e ajude a divulgar esta mensagem para seus amigos no facebook ...

   

 

 

 

  .::: Sinais dos Tempos :::.
  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.

 

•    Quem Somos    •     Fale conosco!     •

Página aberta em: 0,000 segundos

Usuários de Hoje: 22066



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--