Online: 146
 
 
QUEM ESCOLHE O CÔNJUGE: DEUS OU A PESSOA?
( 2879 visitas )

Publicado em: 2/12/2010
Por: Fernando César Timóteo Alves
FAMÍLIAS PARA CRISTO - Olinda/PE
familiasparacristo_@hotmail.com
 


“Como os homens começaram a multiplicar-se sobre a terra, e lhes nasceram filhas, viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas, e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram” (Gênesis 6:1-2).

        Encontro no MSN uma serva de DEUS que reside no Ceará. Uma mulher que afirmou estar sendo muito abençoada pelos estudos publicados no blog Famílias para Cristo, apesar de ainda não ser casada (é que a maioria dos estudos realmente se direciona aos casados). Aproveitei a oportunidade e lhe perguntei o porquê de ainda estar solteira. Ela me respondeu secamente: “Estou esperando no Senhor...”.     A resposta que ela me deu faz parte do repertório da quase totalidade das irmãs e irmãos que ainda se encontram solteiros, mas à espera do momento sublime e único do casamento. A partir do que eu li, a nossa conversa se prolongou, invadimos parte da madrugada, houve um agir tremendo do Espírito Santo, que resultou nesse estudo que agora compartilho com todos vocês.

        As pessoas cristãs e solteiras confundem muito “esperar no Senhor” com o dever da “escolha”. A primeira atitude, a atitude de esperar, significa se preparar, amadurecer espiritualmente e como ser humano, para o tempo de uma realização, de uma escolha. Mas essa escolha é puramente humana. DEUS não escolhe marido nem esposa para ninguém. Essa é mais uma confusão teológica que fazem dentro da doutrina apostólica. A escolha de um namorado, noivo, que venha a se tornar marido não difere da escolha que a mesma mulher faz em relação a um emprego, a uma igreja para congregar, a uma roupa para vestir, a um local para frequentar etc. Essa escolha integra a liberdade que DEUS revestiu todo filho Seu. A premissa de não escolher o cônjuge e transferir isso para o PAI representa medo de escolher errado e, consequentemente pagar um alto preço, e omissão. Por essa razão é que ainda hoje há muitas irmãs e irmãos tementes a DEUS, bem acima dos 30 anos de idade, um tempo em que, diga-se de passagem, muitos já estão anos casados e com filhos, que se encontram na solteirice e de joelhos no chão. Eu costumo afirmar, de forma descontraída, quando vejo um irmão orando para que DEUS escolha logo o seu cônjuge: “seus joelhos vão ficar inchados, doloridos, e nem DEUS vai escolher, nem vai enviar um anjo para isso”.

        A conversa então prosseguiu por meio das mensagens instantâneas. Fiz algumas perguntas à irmã: 1) você se considera uma pessoa inteligente? 2) Você é uma pessoa que se expressa bem, comunica-se bem com o outro? 3) Você enxerga bem aquilo que está à sua volta? 4) Você teme a DEUS? Para todas as perguntas, ela me respondeu: “sim!”, para então eu arrematar: 5) e quem te deu todas essas virtudes, essas qualidades? Ela me respondeu: “DEUS”. Então complementei: e depois de DEUS te dar tudo isso, você acha que ELE ainda vai escolher o teu marido? Fi-la ver (fi-la é a forma erudita, gramatical, formal, da expressão coloquial “fiz ela”) que DEUS orienta, dá as características boas que um futuro marido e uma futura esposa devam ter. Vou citar algumas dessas características. O seu pretendente deve: 1) ser cristã(o), temente a DEUS; 2) ser solteira(o) ou viúva(o); 3) trabalhador(a), esforçado(a); 4) temperamento calmo, domínio próprio, manso(a); 5) amar os pais, a família de origem; 6) educado(a), gentil, bons costumes; 7) objetivos de vida claros e definidos e outras mais. Depois de ler tudo isso, a irmã afirmou: “impossível! Um homem com essas qualidades não existe!” Rebati dizendo que existem, sim, homens assim. Podem ser poucos em relação aos homens perversos, que não temem a DEUS, mas existem. Se não existissem mais, DEUS me mandaria pregar o celibato nas igrejas. Mas mesmo sendo difícil, nada impede de um solteiro ficar atento, enxergar as pessoas que estão ao seu lado, admirar-se, chamar para conversar, tomar um refrigerante, orar juntos. Isso quem faz é a pessoa e não DEUS. Se houver uma grande afinidade e interesse de ambas as partes, os dois devem orar e pedir a confirmação a DEUS. E como vem essa confirmação?

        Ora, sabemos que há muitos lobos vestidos de ovelhas dentro da Casa do PAI. Por isso, devemos ficar precavidos. Veja o que JESUS nos alertou: “eis que vos envio como ovelhas no meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas” (Mateus 10:16). Esse versículo não se refere à escolha do outro para um relacionamento, mas pode muito bem ser aplicado ao que afirmei anteriormente. A confirmação da parte de DEUS pode vir através: 1) das atitudes e comportamentos do outro. Já vi casos de pessoas namorarem outras dentro da igreja e, depois de um certo tempo de namoro e até no noivado, prestes a se casarem, um dos dois se tornar agressivo, mentiras aparecerem, enfim, frutos ruins virem à luz. Esse é um alerta claro de que você não deve prosseguir na caminhada. Quando um cristão está verdadeiramente na presença de DEUS, ELE frustra os laços malignos. 2) dos profetas. Em alguma palavra a ser ministrada na igreja, na TV, na Internet, nas rádios, no meio da rua, o Espírito de DEUS há de se manifestar e falar com você a respeito desse seu relacionamento. 3) através de sonhos (é preciso ter cuidado, pois sonhos têm várias origens), dos louvores. Quando você observar uma sequência de erros (não um ou outro erro isolado), coisas desagradáveis acontecerem, ore, converse com DEUS. ELE não deixará de dizer algo a respeito.

        A liberdade que DEUS nos deu é para que possamos examinar bem a Santa Palavra, ter comunhão com ELE, obedecê-LO, renunciar a nossa vontade e deixar que a vontade DELE se faça presente em nós. Porque somos livres do mundo, mas escravos de Nosso SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO. DEUS abençoa tudo aquilo que vier para a edificação, crescimento, benefício dos seus filhos amados. Qualquer escolha que resultar nesses caminhos terá a bênção do PAI. Então, eu perguntei: DEUS abençoa um relacionamento de um filho seu com um viciado em drogas ou uma prostituta? Ela me respondeu sabiamente: “NÃO!” E por quê? A irmã afirmou: “porque essa relação não trará frutos para o nosso benefício”. E o divórcio, DEUS aprova? “Também não porque tenta desfazer uma aliança que um casal fez com DEUS no Altar do Senhor”. Amém! Glória a DEUS por essas respostas e por esse tão grandioso discernimento! Assim como uma pessoa cristã pode desobedecer a DEUS e se casar com quem ela acha correto, uma outra também pode se divorciar e até se casar pela segunda vez. DEUS permite, mas não se agrada disso. ELE sonda os corações e vê que não há interesse algum de obedecê-LO. Então o que ELE faz? “(...) Deus os entregou a um sentimento pervertido, para fazerem coisas inconvenientes” (Romanos 1:28). Esse versículo refere-se diretamente a homens e mulheres que desonraram seus próprios corpos, mas que também deve ser aplicado à situação abordada por mim.

        Na Bíblia Sagrada, há três casos em que DEUS fez a escolha no lugar do homem.

1)    Deus escolheu a mulher para o primeiro homem, ainda no Éden. Também não havia outra alternativa. O homem não poderia escolher os animais, nem rios, nem répteis nem espécie de animal algum para ser sua companheira. Quando ambos pecaram, DEUS foi conversar para saber a razão da desobediência, ao que o homem Lhe respondeu: “foi por causa da mulher que escolheste para mim” (Gênesis 3:12).

2)    Deus escolheu Maria para ser a mãe de JESUS. Foi um nascimento diferente aquele. Nem Maria nem José tinham se programado para terem um filho da vontade de ambos. Nem casados ainda eles eram. DEUS viu que Maria era uma mulher virtuosa de sua época, um exemplo para sua geração: “Entrando o anjo aonde ela estava, disse: salve, agraciada! O Senhor é contigo. Bendita és tu entre as mulheres!” (Lucas 1:28). DEUS jamais iria promover uma enquete, um plebiscito nem uma eleição junto ao povo para saber qual mulher seria digna de receber tão grande bênção. Ora, entre JESUS e o ladrão Barrabás, aquele que iria ser solto e o que iria ser torturado e crucificado, o povo escolheu JESUS para morrer morte de cruz (lembrando que tudo o que aconteceu a JESUS era para que se cumprisse a Escritura). Não podia mesmo escolher aquela que seria a mãe do Seu único Filho.

3)    Deus escolheu um povo que ELE salvou e irá levar ao Céu. Ele me escolheu e escolheu a você, dentre milhares. Nós, em nosso pecado, nossa cegueira, não tínhamos condições alguma de escolher a DEUS. O povo de Jacó, o povo de Israel, o povo separado e regenerado pelo Sangue de JESUS é o povo escolhido por DEUS: “Não foste vós que me escolhestes, mas fui eu que escolhi a vós, e vos designei para que vades e deis frutos, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo em meu Nome pedirdes ao Pai, Ele vos conceda” (João 15:16); “Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo que Ele escolheu para sua herança” (Salmos 33:12).

A escolha que o homem ou uma mulher faz, embora seja atributo de sua liberdade humana, sempre deve estar direcionada na Palavra de DEUS. Cada passo que se dá é um registro daquilo que se colherá no futuro. A escolha de um simples namorado é tão importante quanto a decisão de se casar. A diferença é que no namoro ou no noivado a pessoa pode recuar, desfazer, desistir. No casamento, não. O casamento só pode ser desfeito na morte. Ao escolher o seu namorado ou a sua namorada pense nisso! Considere que mais cedo ou mais tarde, ambos poderão estar no altar, recebendo as bênçãos de DEUS. Mas não deixe de decidir, não se omita de se relacionar e conhecer pessoas novas. O que for de exclusiva responsabilidade de DEUS, aquilo que você não pode executar, ELE fará por você. Mas também naquilo que o PAI já te capacitou para fazer, faça! Faça, ore muito, ouça DEUS falar, creia e seja feliz!

Fernando César – Escritor, autor dos livros “Não Mude de religião: mude de vida!”, “Pódio da Graça”; “Antes que a Luz do Sol escureça” e da coleção “Destrua o divórcio antes que ele destrua seu casamento”, “Destrua o adultério antes que ele destrua seu casamento”, “Destrua a insubmissão antes que ela destrua seu casamento”. Também é líder do Ministério Famílias para Cristo.

Visite o Site:http://familiasparacristo.wordpress.com/



Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !

 

Comente aqui e ajude a divulgar esta mensagem para seus amigos no facebook ...

   

 

 

 

  .::: Sinais dos Tempos :::.
  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.

 

•    Quem Somos    •     Fale conosco!     •

Página aberta em: 0,016 segundos

Usuários de Hoje: 436



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--