Online: 220
 
 
NA CONTRA MÃO DA VERDADE
( 1513 visitas )

Publicado em: 2/4/2011
Por: Claudio Morandi
Batista - São José do Rio Preto - SP
claudioamorandi@hotmail.com
 

"Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais, e prodígios da mentira, e com todo engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos". 2 Tessalonicenses 2:9-10.

A Igreja atual tem muitas nuvens carregadas sobre a sua tenda, e se ouve a partir dessas nuvens o estampido de fortes trovões, mas não se vê a descida das chuvas torrenciais e restauradoras. Na verdade, temos muita propaganda, mas poucos frutos verdadeiros. Temos muito do homem e pouco de Deus. Vivemos o tempo em que as novidades se multiplicam dentro das igrejas. A Bíblia é usada como um livro mágico e cabalístico para referendar todas as birutices e maluquices engendradas no laboratório da religião do lucro, para enganar os incautos com uma fé sincrética e para enriquecer os líderes fraudulentos e cheios de ganâncias. O apóstolo Paulo já nos preveniu a respeito de tais homens que falam e fazem coisas miraculosas em nome de Deus. Acautelai-vos dos cães! Acautelai-vos dos maus obreiros! Acautelai-vos da falsa circuncisão! Filipenses 3:2.

Esses cães que muita gente ainda desconhecem, o profeta maior interpreta quem são eles. Leiamos com muita atenção em Isaías 56:11 Tais cães são gulosos, nunca se fartam; são pastores que nada compreendem, e todos se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, todos sem exceção. Infelizmente muitas pessoas têm seguido as suas praticas, obviamente pelos mesmos interesses que é a ganância. Nunca se fartam! Mas o triste fim deles e também de seus seguidores será lamentável conforme está escrito em Apocalipse 22:15 Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e todo aquele que ama e pratica a mentira.

Em nome de Deus esses pregoeiros de outro evangelho mantêm as pessoas prisioneiras de uma religião que abandona a Bíblia, para abraçar a religião da experiência, do misticismo e da heterodoxia. Em lugar da exposição da verdade, estabelecem as campanhas de milagres; em lugar do ensino da Palavra de Deus, estabelecem a busca da prosperidade; em lugar da libertação do pecado, estabelecem a libertação dos demônios; em lugar da salvação, estabelecem a cura; em lugar da ajuda do alto, estabelecem a auto-ajuda. Hoje a pregação é totalmente centrada no homem e aquilo que ele supostamente alcançou de Deus. São os testemunhos de curas e milagres que atraem as multidões e não mais a Verdade da Palavra de Deus. É por esse motivo que o próprio Deus lhe envia a operação do erro, para crerem na mentira do diabo. E, por isso, Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira. 2 Tessalonicenses 2:11.

Nos dias em que estamos vivendo a Bíblia deixou de ser o único princípio de fé e prática em muitas igrejas. Os testemunhos de ícones da sociedade que aderiram à fé evangélica têm mais aceitação e ibope do que a pregação da Palavra. O povo anda sôfrego atrás de astros humanos, mas está apático com a mensagem do bendito evangelho de Cristo. O culto “show” substituiu o derramar da alma diante do Senhor. Há muitos ensinos separados das Escrituras circulando no meio do povo de Deus. Tem muita gente faminta do Verdadeiro Pão do céu, que é Cristo, mas o que estão servindo ao povo é uma ração envenenada. Porque quem está com fome, come qualquer tipo de alimento, ainda que seja amargoso. Devemos tomar muito cuidado com alimento cuja origem é desconhecida. Você pode estar comendo a sua própria destruição. Então, saiu um ao campo a apanhar ervas e achou uma trepadeira silvestre; e, colhendo dela, encheu a sua capa de colocíntidas; voltou e cortou-as em pedaços, pondo-os na panela, visto que não as conheciam. Depois, deram de comer aos homens. Enquanto comiam do cozinhado, exclamaram: Morte na panela, ó homem de Deus! 2 Reis 4:39-40a. Para que eles pudessem comer e saciar a fome, foi necessário que Eliseu jogasse farinha na panela. Essa farinha representa o trabalhar da cruz no Antigo Testamento. O trigo para se tornar farinha é necessário passar pela moenda. E isto fala do nosso Senhor lá na cruz, quando Ele foi moído pelas nossas iniqüidades. Então, a farinha foi o que salvou aqueles homens famintos da morte da panela. Leiamos 2 Reis 4:41 Porém ele disse: Trazei farinha. Ele a deitou na panela e disse: Tira de comer para o povo. E já não havia mal nenhum na panela. Há muito veneno misturado no meio da comida que o povo de Deus ingere. Precisamos estar atentos! Por favor, irmãos, não fiquem impressionados de que, onde existe uma multidão, aí está à verdade. O argumento é o seguinte: “Se a igreja está crescendo, então é obra de Deus, porque, se não fosse de Deus, o trabalho jamais poderia prosperar”. Esse raciocínio é enganoso e insidioso. Essa conclusão está equivocada. Nem tudo que cresce é verdadeiro. Nem todo “sucesso” procede de Deus. Nessa sociedade embriagada pelo sucesso, o critério da verdade mudou radicalmente. Precisamos entender que nem todo crescimento é sinal de vida. Nem tudo que cresce é de Deus. As seitas heréticas também crescem. O câncer também é um crescimento desordenado de células da morte. A igreja de Sardes tinha o nome de uma igreja viva aos olhos dos homens, mas estava morta aos olhos de Jesus. Ao anjo da igreja em Sardes escreve: Estas coisas diz aquele que tem os sete Espíritos de Deus e as sete estrelas: Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives e estás morto. Apocalipse 3:1.

Vocês se lembram quando Jesus pregou o seu sermão sobre o Pão da Vida? Naquela oportunidade, a multidão de discípulos que o seguiam começou a se dispersar. Jesus não amaciou Seu discurso nem buscou um método mais atrativo para manter a multidão a qualquer custo. Jesus na ocasião foi duro sobremaneira, e, por causa disso muitos o abandonaram. À vista disso, muitos dos seus discípulos o abandonaram e já não andavam com ele. João 6:66.

A loucura sem tamanho do ser humano é deixar o verdadeiro evangelho para correr atrás de coisas que são produzidas pelos homens. Será que podemos responder a essa pergunta: Por que os homens estão rejeitando o evangelho? Porque o evangelho é em si mesmo desagradável, desprezível, repulsivo e alarmante para o mundo. Ele revela o pecado, condena o orgulho, traz convicção ao coração incrédulo e demonstra que a justiça humana, até mesmo nos melhores e mais atraentes aspectos da natureza humana, é imprestável, corrupta, não passa de trapos de imundícias. Todos nós nos tornamos impuros, todas as nossas boas ações são como trapos sujos. Somos como folhas secas; e os nossos pecados, como uma ventania, nos carregam para longe. Isaías 64:6(LH). Diante dessa verdade da Palavra de Deus, não podemos culpar a ninguém por nossos fracassos e miséria. Que tristeza ver tantas pessoas professando um cristianismo do Deus utilitário. As pessoas não querem Deus, querem as suas coisas. Será que nós, povo que morremos e ressuscitamos com o Senhor, também não estamos incorrendo neste erro incoerente de fazer do nosso Pai, um Deus utilitário? Se somos filhos de Aba, a vida espiritual para nós, é aquela que nos leva a tirar do coração o que há de mais precioso e oferecê-lo ao Senhor, a buscar nos compartimentos mais secretos da alma os sentimentos mais nobres e puros e dedicá-los a serviço da adoração. A partir do momento que uma pessoa morre com Cristo, ele será capaz de adorar e servir a Deus por nada, simplesmente porque este é Deus e não porque o cobre de benefícios, aí ele encontra o sentido maior da sua piedade. Somente pelo trabalhar da cruz, poderemos levar a nossa alma a se render ao Senhor, tendo Ele como o nosso anseio maior. A minha alma anseia pelo Senhor mais do que os guardas pelo romper da manhã. Mais do que os guardas pelo romper da manhã. Salmos 130:6. Será que somos capazes de amar a Deus e servi-lO com integridade e temor, mesmo quando estamos passando pelo vale árido da nossa alma? Que testemunho eu teria a dar sobre Deus, seu amor, graça, bondade e misericórdia, quando não há nada de concreto para contar ou afirmar? Não há nenhum carro novo, nenhuma promoção no trabalho, nenhuma cura, nenhuma revelação, nada. Apenas Deus. Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação. Habacuque 3:17-18. Amém!

Visite o Blog: http://ibpalavradacruz.blogspot.com/

Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !

 

Comente aqui e ajude a divulgar esta mensagem para seus amigos no facebook ...

   

 

 

 

  .::: Sinais dos Tempos :::.
  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.

 

•    Quem Somos    •     Fale conosco!     •

Página aberta em: 0,000 segundos

Usuários de Hoje: 12794



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--