Online: 332
 
 
Você sabe o que é “Janela 10/40?
( 1660 visitas )

Publicado em: 24/6/2011
Por: Jânio Santos de Oliveira
Presbítero e professor de teologia da Igreja Assembléia de Deus Taquara - Duque de Caxias- Rio de Janeiro
janio-construcaocivil.blogspot.com
 

*
Você sabe o que é “Janela 10/40?

No centro do nosso mundo vive um grande numero de povos não alcançados, compreendidos numa porção retangular, identificada como “Janela 10-40”.

Aproximadamente 95% das pessoas menos alcançadas pelo evangelho são habitantes da Janela 10-40; e entre os 52 países menos evangelizados do mundo 31 estão nela, são 62 países na janela com 3,8 bilhões de pessoas, das quais 1,8 bilhões nunca ouviram de Cristo, Cristianismo ou Evangelho.

O mundo tem 6,5 bilhões de habitantes em 252 países e 60% da população mundial vive na Janela 10-40; os países da janela são também em sua maioria os de maior intolerância aos cristãos e ao evangelho; Numa lista das 50 maiores cidades do mundo, todas estão na Janela; 81% dos mais pobres do mundo também estão na Janela 10-40, são eles 26% da população mundial, e em sua maioria os habitantes dela são adeptos do Islamismo, Hinduismo e Budismo.

O termo “Janela 10-40” originou-se com Luis Bush durante a 2ª conferencia de Lausanne, em Manilla, em julho de 1989.

Esta região do mundo, antes conhecida como “Cinturão de Resistência”, estende-se desde o oeste da África até o leste da Ásia, sendo 10 graus de longitude e 40 de latitude acima da linha do Equador.
I. Algumas razões para focalizarmos a “Janela 10-40”:

1. O Significado Bíblico e histórico desta área; Este é o lugar onde Deus colocou Adão e Eva como moradores.

2. A predominância da pobreza.
Mais de 95% dos pobres menos evangelizados do mundo vivem na “Janela 10-40”.

3. O Maior grupo de mega povos etnolinguísticos (Mais de Um milhão vivem na janela). De fato mais de 90% dos indivíduos desses grupos populacionais vivem na “Janela 10-40”.

4. As fortalezas de Satanás estão concentradas na “Janela 10-40”. Bilhões de pessoas que vivem na janela não só sofrem com enfermidades, pobreza, calamidades mais também tem sido impossibilitada de conhecer o poder do Evangelho Transformador.

Vamos profetizar que todos estes pontos negativos já caíram por terra

Nem todos os crentes sabem que no mundo ainda há povos completamente ignorantes da existência de Jesus Cristo e seu plano redentor. Poucos se importam em saber que hoje no oriente há cristãos presos e sendo torturados por causa de sua fé. Quantos têm um programa intensivo de oração pelos povos não alcançados pelo evangelho? Saber que há povos cometendo suicídios e guerras, por falta de esperança ou fanatismo, não é um assunto que interessa a todos os cristãos.

Os cristãos no mundo estão direcionando apenas 1,2% do seu fundo missionário e de seus missionários estrangeiros para bilhões de pessoas que vivem no mundo evangelizado. No mundo ainda há dezenas de país com suas portas total ou parcialmente fechadas à entrada de missionários. Há 28 países muçulmanos (sem incluir seis da antiga união soviética), 7 nações budistas, 3 Marxistas e 2 países hindus, formando o maior aglomerado de povos não alcançados.

II. Porque evangelizar os povos da Janela 10/40

- Porque ali vive o maior número de povos não alcançados pelo evangelho. Cobre 1/3 total do planeta e representa 2/3 da população do mundo. São cerca de 3,2 bilhões de -pessoas em 61 países.

- Porque ali está a maioria dos seguidores das 3 maiores religiões do mundo: Islamismo, Budismo e Hinduismo.

- Porque dos 50 países menos evangelizados do mundo 37 estão nessa área.

- Porque as maiores Capitais do mundo estão nessa região.

De acordo com os missiólogos, há diversidades no número de povos não alcançados pelo evangelho hoje. Para Ralph Winter, há 17 mil povos não alcançados e 12 mil línguas. David Barrete declara que são 11 mil o número total de povos não alcançados. Bob Waymire também arrola 11 mil povos diferentes no mundo. Patrick Johnstone avalia em 12.017 o total de povos não alcançados em todo o mundo. Subtraindo desse número os povos entre os quais há cristãos, missionários de fora e autóctones, restam apenas 1.200 povos a serem alcançados. Em sua perspectiva, 99% da população do mundo serão cobertos, inteiramente, com a mensagem do evangelho se ela for transmitida, nomáximo, entre 400 e 500 línguas diferentes.

Então concluímos que missões, ainda não é um assunto sério para muitas igrejas. Enquanto templos são enfeitados e grande parte do tempo é utilizada para inúmeros programas, missões é ocasional, ainda não é assunto íntimo.

III. O Mundo dos povos não alcançados
Segundo alguns estudiosos, temos aqui algumas estatísticas: - Cada hora 10700 crianças nascem e morrem sem escutar as Boas Novas em países da Janela 10/40;
- Cada hora de esforço missionário resulta em 9.800 pessoas escutando o evangelho pela primeira vez;
- O resultado é a redução no mundo não evangelizado de 500 pessoas a cada hora, ou pouco mais que 4 milhões de pessoas por ano.
- 9 em cada 10 países mais pobres do mundo estão na África e 8 destes são parte do mundo menos evangelizado.

(Extraído do Jornal Paixão pelas Almas - SEMIPA

IV. Os Países da Janela:

01 - KUWAIT
Localização: Golfo Pérsico 5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas Evangelismo Restrito

02 - IRÃ
Localização: Golfo Pérsico 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Xiitas e alguns Sunitas Evangelismo Proibido

03 - EGITO
Localização: Oriente Médio 0,8% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Restrito

04 - ISRAEL
Localização: Oriente Médio0,35% de Cristãos evangélicos Predominante: Judeus e alguns Muçulmanos Evangelismo Restrito

05 - BRUNEI Localização: Sudoeste da Ásia 0,6% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Budistas Evangelismo Restrito

06 - LÍBIA
Localização: Norte da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Proibido

07 - SOMÁLIA
Localização: Leste da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Proibido

08 - BANGLADESH
Localização: Ásia Central 2% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Hindus Evangelismo Restrito

09 - BURKINA-FASO
Localização: Oeste da África 3% de Cristãos evangélicos Predominante: Animistas e alguns Muçulmanos Evangelismo Restrito

10 - UZBEQUISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,001% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito

11 - TADJIQUISTÃO
Localização: Leste Asiático 0,001% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito

12 - LÍBANO
Localização: Oriente Médio 4,3% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Xiitas e alguns Sunitas Evangelismo Permitido

13 - MALÁSIA
Localização: Sul da Ásia 2% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos, alguns Budistas e Hindus Evangelismo Restrito

14 - PAQUISTÃO
Localização: Oeste da Ásia 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas Evangelismo Restrito

15 - ÍNDIA
Localização: Ásia Central 1% de Cristãos evangélicos Predominante: Hindus e alguns Muçulmanos Evangelismo Restrito

16 - BUTÃO
Localização: Ásia Central 0,3% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas e alguns Muçulmanos Evangelismo Restrito

17 - MALI
Localização: Oeste da África 0,9% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e algumas Crenças Tradicionais Evangelismo Permitido

18 - NEPAL
Localização: Ásia Central 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Hindus e alguns Budistas Evangelismo Restrito

19 - CHINA
Localização: Leste da Ásia 4% de Cristãos evangélicos Predominante: Não religiosos(Ateus) e Folclóricos Chineses Evangelismo Restrito

20 - QATAR
Localização: Golfo Pérsico 0,007% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Proibido

21 - OMÃ
Localização: Golfo Pérsico 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Evangelismo Proibido

22 - NIGÉRIA
Localização: Oeste da África 17% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Animistas Evangelismo Restrito

23 - MAURITÂNIA
Localização: África do Norte 0,0% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Proibido

24 - ARÁBIA SAUDITA
Localização: Golfo Pérsico 0,007% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Proibido

25 - AZERBAIJÃO
Localização: Leste da Ásia 0,003% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Restrito

26 - EMIRADOS ÁRABES UNIDOS
Localização: Golfo Pérsico 0,7% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas Evangelismo Proibido

27 - DJIBUTI
Localização: Leste da África 0,03% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Proibido

28 - TURQUEMENISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,001% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito

29 - KAZAQUISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,004% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito

30 - MALDIVAS
Localização: Centro Sul Asiático 0,0% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Proibido

31 - SUDÃO
Localização: Leste da Ásia 3% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Animistas Evangelismo Restrito

32 - GUINÉ
Localização: Oeste da África 0,75% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Animistas Evangelismo Restrito

33 - BENIN Localização: Oeste da África 2% de Cristãos evangélicos Predominante: Crenças Tradicionais e alguns Muçulmanos Evangelismo Permitido

34 - ALBÂNIA
Localização: Sul da Europa 5% de Cristãos evangélicos Predominante: Ortodoxos e alguns Muçulmanos Evangelismo Restrito

35 - IEMEM
Localização: Oriente Médio 0,01% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Proibido

36 - ETIÓPIA
Localização: Leste da África 10% de Cristãos evangélicos Predominante: Ortodoxos, Sunitas e Crenças Tradicionais Evangelismo Permitido

37 - TUNÍSIA
Localização: Norte da África 0,001% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Proibido

38 - JORDÂNIA
Localização: Oriente Médio 0,4% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Restrito

39 - AFEGANISTÃO Localização: Leste da Ásia 0,2% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas Evangelismo Restrito

40 - TAILÂNDIA
Localização: Sudoeste da Ásia 0,3% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas Evangelismo Restrito

41 - INDONÉSIA
Localização: Norte da Ásia 0,01% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Hindus Evangelismo Restrito

42 - MARROCOS
Localização: Norte da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Proibido

43 - VIETNÃ
Localização: Sudoeste da Ásia 0,6% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas e Crenças Tradicionais Evangelismo Restrito

44 - MYANMAR
Localização: Sudoeste da Ásia 4% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas e alguns Muçulmanos Evangelismo Permitido

45 - CAMBOJA
Localização: Sul da Ásia 0,05% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas Evangelismo Restrito

46 - SENEGAL
Localização: Oeste da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Restrito

47 - JAPÃO
Localização: Leste da Ásia 0,3% de Cristãos evangélicos Predominante: Shinto / Budistas Evangelismo Permitido

48 - NIGÉR
Localização: Oeste da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Animistas Evangelismo Restrito

49 - LAOS
Localização: Sudoeste da Ásia 1,9% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas Evangelismo Restrito

50 - IRAQUE
Localização: Golfo Pérsico 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Xiitas e alguns Sunitas Evangelismo Restrito

51 - TAIWAN
Localização: Leste da Ásia 3% de Cristãos evangélicos Predominante: Folclórica Chinesa e alguns Sunitas Evangelismo Permitido

52 - TIBET
Localização: Oeste da China 0,02% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas Evangelismo Restrito

53 - TURQUIA
Localização: Oeste da Ásia 0,03% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Restrito

54 - SÍRIA
Localização: Oriente Médio 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas Evangelismo Proibido

55 - GUINÉ-BISSAU
Localização: Oeste da África 1,2% de Cristãos evangélicos Predominante: Animistas e alguns Muçulmanos Evangelismo Restrito

56 - QUIRQUISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,003% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito

57 - SAARA OCIDENTAL
Localização: Norte da África 0,0% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Evangelismo Proibido

58 - SRI LANKA
Localização: Ásia Central 0,9% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas, alguns Hindus e Muçulmanos Evangelismo Restrito

59 - BANRAI
Localização: Golfo Pérsico 1,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Hindus Evangelismo Proibido

60 - ARGÉLIA
Localização: Norte da África 0,01% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas Evangelismo Proibido

61 - CORÉIA DO NORTE
Localização: Leste da Ásia 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Não religiosos(Ateus) e Crenças Tradicionais Evangelismo Proibido

62 - MONGÓLIA
Localização: Centro-Norte da Ásia 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Não religiosos(Ateus) e Crenças Tradicionais Evangelismo Restrito

QUEM PODE EVANGELIZAR OS POVOS DA JANELA 10/40

Então, os que foram dispersos por causa da tribulação que sobreveio a Estêvão se espalharam até à Fenícia, Chipre e Antioquia, . . .. Alguns deles, porém, que eram de Chipre e de Cirene e que foram até Antioquia, falavam também aos gregos, anunciando-lhes o evangelho do Senhor Jesus. A mão do Senhor estava com eles e muitos, crendo, se converteram ao Senhor (Atos 11:19-21).

A expansão da Igreja em Atos não foi feita apenas por ministros profissionais como Pedro e Paulo. Foi feita por cristãos fiéis, dispostos a perderem seus empregos, seus lares e sua vida normal por causa da sua fé em Jesus Cristo como o Salvador e Senhor verdadeiro. Fugiram da perseguição, mas não ficaram amedrontados e calados. Anunciavam o Evangelho e a mão do Senhor estava com eles!

Ronaldo Lidório, missionário em Gana, disse que os povos mais fáceis de alcançar já foram contatados. Restam agora os mais difíceis, onde muitos dos quais, com certeza, existem dentro da Janela 10/40. O evangelista nesta região tem que ser fiel, disposto a negar-se a si mesmo e ter a “mão do Senhor sobre ele”. Este missionário, nos campos difíceis, precisa de uma clara direção de Deus e da poderosa manifestação da Sua presença e benção na vida dele.

Estatísticas ao Contrário
Conforme estatísticas recentes,[1] o Brasil perde um quarto da sua força missionária a cada três anos. As razões principais são

(1) a falta de preparo,

(2) o baixo nível de compromisso,

(3) os problemas pessoais e sociais e a

(4) falta de apoio das suas igrejas no Brasil.

O missionário que trabalha na Janela 10/40 especialmente precisa superar estes problemas. Além da dificuldade e resistência inerentes na região, muitos vão trabalhar como “fazedores-de-tendas”, ou profissionais seculares, como aqueles primeiros missionários espalhados pela perseguição em Jerusalém. Mesmo assim, o candidato precisa ter certeza de que estas qualificações não faltam, para que ele também não entre na estatística de desistência.

Padrões Bíblicos

No capítulo onze de Atos, acima citado, temos o relato da história tremenda da primeira expansão da Igreja de Jesus Cristo. A Igreja de Jerusalém tinha crescido rapidamente, pelo poder do Espírito Santo atuando na vida dos seus apóstolos, diáconos e membros. Pedro relata a sua experiência na casa de Cornélio, um gentio que aceitou o Evangelho e recebeu a aprovação do Espírito Santo. Anteriormente, Pedro precisou ter uma visão sobrenatural para entender a ordem de Deus para evangelizar os gentios.

Resumindo para os irmãos em Jerusalém, Pedro disse que “Logo, também aos gentios foi por Deus concedido o arrependimento para vida” (11:18). Uma parte forte da mensagem do Evangelho foi o arrependimento, que levava ao perdão e a vida, algo que aqueles primeiros missionários tinham experimentado e compreendido.

Logo começou a complicar mais para a Igreja. Os mesmos que mataram Jesus, começaram a perseguir e a matar os Seus seguidores. Os crentes foram espalhados, deixando tudo para trás, mas firmes na convicção e compromisso com a nova fé em Jesus como Messias e Salvador. Tal foi o impacto que alguns, que tinham mais contato com gentios, começaram a falar com eles também. Os gregos se ajuntaram às igrejas, e este fato chegou logo aos ouvidos dos Apóstolos em Jerusalém.

Enviaram um homem aprovado, experiente e de confiança para verificar o que se passava em Antioquia. Quando chegou, podia ver que Deus estava atuando. Ele ficou para dar os ensinos mais profundos e estabelecer a igreja, com a ajuda de Saulo. A igreja de Antioquia cresceu com o ministério dos evangelistas fieis e dos mestres com conhecimento mais profundo da Palavra de Deus. Em pouco tempo se tornou a igreja enviadora de missionários, e capaz de continuar o trabalho sem os seus dois principais líderes.

A Janela 10/40 também precisa receber homens e mulheres que experimentaram uma profunda experiência de arrependimento e salvação, e precisa também de homens e mulheres que possam ensinar as verdades mais profundas do Evangelho.

Características do Missionário à Janela 10/40

A PRIMEIRA CARACTERÍSTICA DO MISSIONÁRIO, para qualquer lugar, é que tenha experimentado o “arrependimento para vida”. Não pode ser um “crente”, membro de igreja, que nunca chegou a reconhecer o seu pecado e a profunda necessidade da salvação em Cristo. Quem de verdade é salvo demonstra o fruto do Espírito e vive uma vida de humildade, pois sabe de onde veio. Ama os outros, porque experimentou o grande amor de Deus na sua vida. Perdoa as falhas dos outros, mesmo como ele foi perdoado por Deus.

Além destas características “normais” do crente em Cristo, o missionário precisa também ter um CONHECIMENTO PROFUNDO DA PALAVRA DE DEUS. Quem vai para a Janela 10/40 vai encontrar pessoas de religiões formadas e articuladas. Muitos são evangelistas das suas próprias crenças e sabem combater o cristianismo. Muitos têm ódio de cristãos. No entanto em primeiro lugar o missionário vai precisar explicar o Evangelho para estas pessoas, com sabedoria. Em segundo lugar, ele vai precisar instruir na fé cristã as pessoas que aceitam o Evangelho.

Capacidade e conhecimento para poder explicar a história bíblica, os conceitos de Deus, o significado da vinda, morte e ressurreição de Jesus Cristo, e o papel da igreja no mundo de hoje é essencial para qualquer missionário. Precisam estar aptos a ensinar o verdadeiro significado do texto bíblico, aplicando-o na vida do novo crente e demonstrando esta aplicação na sua própria vida e na vida do outro.

Uma terceira característica de quem quer servir o Senhor nos campos missionários, é UMA VIDA DE COMUNHÃO COM DEUS. Um período devocional regular, submissão e busca da presença e vontade de Deus (Pedro ouviu o Espírito “falar” com ele [Atos 11:12]) devem fazer parte do cotidiano do missionário. Qualquer servo do Senhor tem que reconhecer que é Ele quem capacita e dirige. É o Espírito Santo em Atos 1:8 que vai dar o poder para testemunhar tanto em Jerusalém como até aos confins da terra!

A vida espiritual, comunhão com Deus, dependência no Espírito Santo são essenciais para alguém que vai trabalhar às vezes sozinho, cercado por pessoas convictas de outras religiões e por um ambiente muitas vezes carregado da influência das trevas.

Estas características são desenvolvidas e reconhecidas dentro do contexto da igreja local. Um seminário ou instituto bíblico podem e devem ajudar especialmente na área de conhecimento bíblico, mas não substituem as bases formadas no convívio da igreja.

O missionário deve ter tido UMA BOA EXPERIÊNCIA DE FORMAÇÃO E MINISTÉRIO NA SUA IGREJA DE ORIGEM.

O ministério prático é essencial para o futuro missionário. Ele precisa ter experiência no evangelismo, no ensino da Palavra, no discipulado e na expressão do papel da igreja local. Precisa ser acompanhado por pessoas maduras que ajudam a moldá-lo conforme os padrões bíblicos. Infelizmente, muitas vezes as igrejas enviam jovens para os seminários e depois esperam que voltem como ministros formados e capacitados! Esquecem que é dentro do contexto da igreja local que o ministro é formado de verdade, com a ajuda importante do seminário.

Muitos irão para a Janela 10/40 como profissionais seculares. Nisto a igreja e a Junta precisam verificar O PREPARO E A CAPACIDADE PROFISSIONAL. Não podemos esperar que alguém que fez auxiliar de enfermagem se torne uma enfermeira chefe no campo missionário. Devemos investir nas pessoas para que tenham as melhores credenciais profissionais possíveis, se tornando exemplos e podendo treinar outros.

Finalmente este missionário precisa ter CONHECIMENTO MISSIOLÓGICO. Soube de alguém que foi para as Filipinas ser missionário. Saiu do avião e descobriu que não se fala português por ali! Há muitas pessoas dedicadas, aprovadas nas suas igrejas de origem, e desejosas de servir ao Senhor a qualquer custo, que não conseguem fruto no campo missionário transcultural porque nunca estudaram sobre choque cultural, comunicação transcultural ou os costumes e significados dos povos onde vão trabalhar.

Nós naturalmente enxergamos o mundo através dos nossos preconceitos e pressupostos culturais. Portanto julgamos as outras culturas conforme nossos critérios e evangelizamos discipulamos e implantamos igrejas de forma brasileira, às vezes, mais do que de forma bíblica, e muitas vezes de forma estranha e fora da compreensão dos recipientes.

Este preparo missiológico exige tempo, pois necessita efetuar transformações na cosmovisão e compreensão do missionário. Exige profundo conhecimento da Bíblia e profundo conhecimento de si mesmo e da sua própria cultura, para poder distinguir entre os dois. E exige estudos de culturas recipientes, para podermos viver, comunicar e trabalhar num ambiente transcultural, sem maiores transtornos e confusões.

Quem pode ir para a Janela 10/40? Alguém sensível e sensato. Alguém com convicção das verdades cristãs. E alguém que sabe ensinar e aplicar estas maravilhosas verdades de forma relevante em outro contexto. Talvez a palavra chave e, para alguns surpreendentes, para tudo que temos falado é humildade. O missionário precisa de humildade diante de Deus e da Sua Palavra para a

O Papel da Igreja Enviadora

“Quem pode ir para a janela 10/40?” A resposta é que podem ir pessoas qualificadas na sua vida espiritual, no seu caráter, no seu ministério e na sua profissão. Essencial em tudo isto é a igreja local. A pessoa que pode ir para este campo difícil é a pessoa que tem a aprovação e o firme apoio da sua igreja local.

Às vezes é fácil pensar que tendo o sustento da sua própria profissão, não precisa da aprovação ou apoio da igreja local ou de uma agência missionária. Mas, quem vai para a Janela 10/40 - aquele campo mais difícil - precisa acima de tudo do apoio espiritual, emocional e missiológico de sua igreja e de uma junta missionária. Precisa de pessoas que possam oferecer uma rede comprometida de oração, orientação estratégica e logística no campo e contato constante com pessoas que darão seu amor, compreensão e compaixão pelas lutas, desafios e vitórias obtidas no campo.

Com certeza temos um papel importante na Janela 10/40, como em muitos outros lugares no mundo. Vamos enviar pessoas escolhidas e preparadas por Deus para levar a mensagem do Evangelho e fazer discípulos fiéis a Ele.

Que Deus nos ajude a cooperar com esta obra; existem três formas:

A. Orando;
B. Indo;
C. Contribuindo.

Façamos cada um de nossa parte na obra missionária.

Fique na Paz do Senhor Jesus. Amém!


Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !

 

Comente aqui e ajude a divulgar esta mensagem para seus amigos no facebook ...

   

 

 

 

  .::: Sinais dos Tempos :::.
  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.

 

•    Quem Somos    •     Fale conosco!     •

Página aberta em: 0,000 segundos

Usuários de Hoje: 11960



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--