Online: 223
 
 
Os que confiam no Senhor são como o Monte de Sião
( 5387 visitas )

Publicado em: 21/12/2011
Por: Jânio Santos de Oliveira
Presbítero e professor de teologia da Igreja Assembléia de Deus Taquara - Duque de Caxias- Rio de Janeiro
devocionaisdoprebjaniosdeoliveira.blogspot.com
 

“Os que confiam no Senhor são como o Monte de Sião, que não se abala, mas permanece firme para sempre” (Sl 125.1)

Aqueles que confiam no Senhor, não se abalam nem com crises, nem com perseguições, mas enfrentam as adversidades e lutas, certos de que Deus é poderoso para nos conceder muito mais além do que pedimos ou pensamos.

Aqueles que confiam no Senhor, não vivem ansiosos pelo dia de amanhã, mas reconhecem o cuidado e zelo do nosso Deus até mesmo pelos lírios do campo e pelas aves que não plantam, não colhem, mas não lhes falta o sustento.

Aqueles que confiam no Senhor, se mantém firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor não dando ouvidos àqueles que se opõem, criticam e sua crença no Deus do impossível.

Aqueles que confiam no Senhor, constroem suas casas na rocha, sobre a pedra angular, Jesus, para que as adversidades e tempestades desta vida não a ponham abaixo.

Aqueles que confiam no Senhor, lutam por suas famílias incondicionalmente e não esperam que que outros façam isto por eles.

Confiar. Confiança é algo que todo crente diz ter em Jesus, porém a confiança requerida pelo nosso Deus à Ele é muito mais do que essa confiança que temos, transitória e circustancial.

Repare que o salmista ao ilustrar a confiança do cristão ele não usa uma árvore que pode ser movida de um lado para outro dependendo da força do vento, não, simplesmente não, ele usa a figura do monte que não pode ser movido, que não se abala e que permace para sempre, isto é, uma confiança que não é abalada por nada.

É esta a confiança que Deus requer de seu filhos, afinal, o verbo “confiar” no hebraico é bãtah, que também significa: sentir-se seguro, estar confiante, estar despreocupado. Uma das maneiras de confiar em Deus é expressa no conceito de dependência, de entregar-se a Ele sem hesitar, como uma criança à sua mãe.

Aliás, eu sou pai de uma criança linda de cinco anos e às vezes eu a pego e coloco ela em cima do meu carro e digo pra pular no meu colo, ela não tem apoio nenhum à não ser eu que estou a sua frente, a confiança dela esta depositada ne mim, agora você acha que ela pula? Claro que sim. Sabe porque? Porque ela tem uma confiança no pai dela e sabe que o mesmo não a deixara que nada de ruim aconteça e esta totalmente despreocupada com algum eventual problema.

É este o tipo de confiança que o Pai Celestial requer dos seus filhos, uma confiança sem reservas, despreocupada dos problemas, sabendo que você esta seguro em todo tempo e que nada esta fora dos cuidados do Pai, é uma confiança de entrega total.

Hoje, nós temos uma pseudo-confiança muita circustancial que depende dos momentos em que eu vivo para depositar ou não confiança aos pés de Jesus.

Quer saber o que é confiar de verdade? Então leia e medite.

Confiar no Senhor é ouvir uma voz que você nunca ouviu dizendo para você ir para uma terra que não conhece, e obedecer a essa voz indo para esta terra sem saber o que iria acontecer (Gn 12.1).

Confiar no Senhor é não fazer a sua vontade, mas a vontade Daquele que te chamou para o ministério (2 Rs 18.4,5).

Confiar no Senhor é largar a capa que lhe autoriza pedir esmolas na beira do caminho quando O mesmo lhe chama (Mc 10.50).

Confiar no Senhor é correr o risco de vida e ir à um lugar publico, mesmo sendo leproso, só para fazer uma pergunta a Jesus: Se queres, podes me curar? Sabendo que a resposta pode e será, “quero” (Mc 1.40).

Confiar no Senhor é ver o céu aberto na hora da morte e dizer com toda a convicção do coração: Senhor, não lhes imputes este pecado! (At 7.60).

Confiar no Senhor é estar perante o Sinédrio e todos os seus acusadores que lhe impedem de anunciar o evangelho, mas mesmo assim você diz: Antes, importa obedecer a Deus do que aos homens (At 5.29).

Confiar no Senhor é não esquecer que somos totalmente dependentes de Deus e que tudo na nossa vida provém Dele (Jo 15.5).

Confiar no Senhor é ir até Jesus apresentar o seu problema sabendo que Ele pode não te receber por ser uma pessoa grega, é vencer tudo e todos pelo bem estar de seu filho, é se humilhar na presença de Cristo, é reconhecer suas misérias e saber que somente uma migalha do poder de Deus é suficiente para libertar seu filho ou lhe dar vitória (Mt 15.21-28).

Confiar no Senhor é saber que Ele é o filho de Deus e que somente Ele têm palavras de Vida Eterna (Mt 16.16, Jo 6.68)

Confiar no Senhor é dizer na hora da morte o que disse Inácio (110 d.C.): “Que as feras atirem-se com avidez sobre mim. Se elas não se dispuserem a isto eu as provocarei. Vinde, multidões de feras; vinde, dilacerai-me, estraçalhai-me, quebrai-me os ossos, triturai-me os membros; vinde cru-eis tortura do demônio; deixai-me apenas que me une a Cristo”.

Enquanto muitos que dizem ser o que na verdade não são, estão confiando em sua posição social, dinheiro, diploma, titulos, nos seremos como os montes de sião confiando no Senhor, inabaláveis.

Mas olha o que diz a bíblia à respeito desses: “Ai dos que descem ao Egito a buscar socorro, e se estribam em cavalos; e têm confiança em carros, porque são muitos; e nos cavaleiros, porque são poderosíssimos; e não atentam para o Santo de Israel, e não buscam ao SENHOR (Is 31.1)”.

“Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do SENHOR nosso Deus (Sl 20.7)”.

“Os que confiam”. Confiar é acreditar realmente.

Confiar é crer sem duvidar.

A firmeza não está para os que duvidam, para os que não têm muita certeza.

Confiar é entregar a chave, é sair de casa e ficar descansado, certo de que a deixou em boas mãos.

Confiar é sentar-se no banco do passageiro e confiar no motorista. Confiar é convidar alguém para falar à família e ter certeza de que só coisas úteis e cristãs serão abordadas.

Confiar é, na expressão popular, “colocar a mão no fogo”.

A promessa do versículo é que os que confiam não serão abalados. Mas só os que confiam.

“Os que confiam no Senhor”. Não é uma confiança banal, cega, em qualquer coisa.

A firmeza é para aquele cuja confiança está depositada em Deus. Sim, no Criador, no mantenedor de todo o universo, nAquele que conhece todas as coisas e é capaz de manter tudo sob Seu controle.

Não se entrega uma oficina mecânica à um bebê de dois anos, ou uma cirurgia a um estudante de primeiro ano de economia.

Não se dá um avião na mão de um piloto formado por correspondência, ou um aparelho eletrônico quebrado a um técnico de agricultura.

A firmeza prometida no versículo é para aquele que confia no Senhor. Confiança no "Eternamente Capaz".

A promessa é para aquele que confia inteiramente, que sabe que Deus é competente, que quer o nosso bem, que pode operar maravilhas e que tudo faz para cumprir Seus desígnios. É como confiar num estrategista militar.

Seus subalternos podem dizer: “Não sei onde ele quer chegar, nem sei como ele pretende fazer; mas sei que ele vai vencer, e aposto minha vida no seu plano ! ”.

Isso é confiança!

Àqueles que confiam no Senhor há algo fatalmente previsível: “Não se abalam”.

É certo que as montanhas são bastante estáveis. São antiqüíssimas, resistem muito bem à terremotos, não sucumbem ante enchentes, protegem contra vendavais, enfim, são bastante firmes. Diz a Bíblia que "os que confiam no Senhor são como o Monte Sião".

Era o monte de Davi, um monte de Jerusalém muito conhecido e amado. Era símbolo da firmeza concedida por Deus. Este monte existe até hoje.

Lá está, firme e seguro.

Desde que o salmista escreveu o Salmo 125, milênios se passaram;

impérios sucumbiram;

governos se foram;

povos se espalharam;

vegetações pereceram;

civilizações se sucederam;

construções foram erguidas e destruídas Mas o monte lá está, firme e forte, idêntico aos que confiam no Senhor.

Que promessa maravilhosa!

Por fim, o texto diz: “permanece firme para sempre”.

O crente sincero e fiel não volta para trás.

Ele permanece firme.

Não vive solto, sujeito à todo vento de doutrinas, à toda tentação do maligno.

O autêntico crente está firmado em Deus, e não perde a sua salvação, nem a sua estabilidade em Deus.

O Senhor é quem o sustenta.

Jamais será abalado.

É certo que lutas vêem e virão.

Muitas aflições, muitas provas, muitas dúvidas lançadas pelo inferno na mente inquiridora e sincera.

Mas, por fim, a promessa é que sempre haverá firmeza, até a eternidade.

Jesus Cristo, certa feita, disse que aqueles que ouviam Sua Palavra e a colocavam em prática eram semelhantes ao homem sensato que construiu sua casa sobre a rocha.

Afirmou que dificuldades sobrevieram: ventos, enchentes, tempestades.

Mas a casa ficou firme.

Não por ser diferente daquela feita na areia (todos querem fazer boas casas)

A razão é que estava construída sobre chão firme, sobre a rocha.

O crente está guardado por quem é fiel.

Deus é quem o guarda.

Não há tempestade que tire um crente fiel da firmeza no Senhor.

Pode haver luta dor, tristeza, mas nunca a ruína. Fiel é o sustentador do crente em Jesus.

Deus é quem o guarda. Ele é a Rocha. Aqui e no além.

Você está firme no Senhor? Você está firme como o Monte Sião?

Saiba que somente a confiança integral em Deus lhe dará estabilidade.

O mundo pode dar alguma aparência de vigor, alguma ilusão de força e destreza. Mas somente Deus dará estabilidade.

Conta-se que um coqueiro veterano e idoso estava ereto em seu lugar, quando um pé de chuchu cresceu rápida e violentamente ao redor dele.

O pé de chuchu lhe disse: “Viu só, coqueiro? Em dois meses eu ultrapassei você!”.

Tranqüilo e confiante, o coqueiro lhe respondeu: “Nestes quase cem anos eu já vi dezenas de pés de chuchu insolentes e transitórios dizerem a mesma coisa.

Como você é tolo...” De fato, depois de dois meses o pé de chuchu não passava de uma porção de galhos secos...

Que você seja como o coqueiro. Ou melhor, que você seja como o Monte de Sião, que não se abala, mas permanece firme para sempre.

“Os que confiam no Senhor são como o Monte de Sião, que não se abala, mas permanece firme para sempre”.

Que Deus nos abençoe e nos guarde em nome de Jesus, amém!


Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !

 

Comente aqui e ajude a divulgar esta mensagem para seus amigos no facebook ...

   

 

 

 

  .::: Sinais dos Tempos :::.
  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.

 

•    Quem Somos    •     Fale conosco!     •

Página aberta em: 0,000 segundos

Usuários de Hoje: 19153



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--