Coloque o WebServos como sua página inicial!
Online: 199
  .:: Canais ::.
 ::: Início :::
 Sinais dos Tempos
 Reflexões
 Evangelísticas
 Estudos Bíblicos
 Espaço Jovem
 Música & Louvor
 Artigos de Louvor
 WebServos Sites
 Igrejas OnLine
 Folhetos Virtuais
 Cartões Postais
 Pedido de Oração
 Intercessores
 Testemunhos
 Recomendação
 Quem Somos



 
 
A restituição que Deus anseia
( 10173 visitas )

Publicado em: 20/6/2004
Por: Fabiano Moura
Metodista em Vital Brazil - Niterói/RJ
moura.f@ig.com.br
 

A restituição que DEUS anseia.

JÓ: 33,
“26 Deveras orará a Deus, que lhe será propício, e o fará ver a sua face com júbilo, e restituirá ao homem a sua justiça.”

Justiça: Ato pelo qual DEUS, em graça e em conformidade com sua ALIANÇA, selada com o sofrimento, morte e ressurreição de Cristo, perdoa as pessoas fracas, perdidas e sem justiça própria, aceitando-a através da fé.(Dicionário Bíblico Almeida)

Sei que este versículo está ligado ao contexto da história de Jô, mas a palavra de DEUS não é temporal, o que o SENHOR falou aos Patriarcas, Profetas e Mártires serviram para suas épocas como serve para nossos dias. O que o SENHOR nos revela através desta passagem de Jô, é que quando orarmos a ELE, com júbilo veremos a sua face, e então será nos restituídos em conformidade a graça estabelecida na ALIANÇA selada no sofrimento, morte e ressurreição de Jesus a comunhão perdida pela prática do pecado.

Salmos: 71,
“20 Tu, que me fizeste ver muitas e penosas tribulações, de novo me restituirás a vida, e de novo me tirarás dos abismos da terra.”

É sabido que a Igreja vive tempos de restituição, temos clamado por restituição, há correntes de oração para clamar ao SENHOR para restituir toda sorte de coisas. Mas o que vou relatar é uma experiência pessoal que tive com o SENHOR no culto em minha Igreja com tema de 7 semanas de restituição.
_Eu adorava o SENHOR, quando Ele me conduziu a abrir a Bíblia em Gênesis 3, o texto que narra a queda do homem, após ler o SENHOR começou a ministrar palavras que foram como um ferrão em meu coração.

Ele disse:
“Vocês se reúnem para me pedir restituição de casamento, família, emprego e outros bens. Eu os abençôo conforme a vossa fé. Mas meu coração anseia para que vocês clamem para que seja restituída a comunhão perdida com o pecado original. Pois ao ser restabelecida essa comunhão, vocês não precisaram mais clamar, pois nada mais lhes faltará”

Perguntei ao SENHOR: Como pode essa comunhão ser restaurada?
Ele me respondeu:
“Santidade!Esse é o caminho! Eu enviei meu filho para morrer e redimir a todos, e todos que nele crê, são feitos Meus filhos. Quando vocês recebem Meu Filho, são lavados pelo seu sangue, são purificados, começando aí o caminho de volta para a comunhão plena comigo.”

Ao estarmos em Cristo, o velho homem é morto e nós passamos a andar pelo caminho de Jesus. Aceitar Jesus é rejeitar o velho homem e aceitar ser moldado o caráter de Jesus em nós.
Voltar a ter comunhão com o SENHOR (buscar o caráter de Cristo) é voltar a ser semelhante a ELE. Pois nós fomos criados a Sua imagem conforme a semelhança.

Gênesis: 1,
“26 E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se arrasta sobre a terra.
27 Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.
28 Então Deus os abençoou e lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra.
29 Disse-lhes mais: Eis que vos tenho dado todas as ervas que produzem semente, as quais se acham sobre a face de toda a terra, bem como todas as árvores em que há fruto que dê semente; ser-vos-ão para mantimento.
30 E a todos os animais da terra, a todas as aves do céu e a todo ser vivente que se arrasta sobre a terra, tenho dado todas as ervas verdes como mantimento. E assim foi.
31 E viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. E foi à tarde e a manhã, o dia sexto.”



Semelhança: 1.qualidade de semelhante.
2.relação entre seres, coisas ou idéias que têm em
si elementos conformes, além dos comuns à
espécie; analogia (sin.ger: similitude)

Semelhante: 1.parecido, conforme, análogo.
2.tal, este, aquele.
3.pessoa ou coisa que se semelha a outra.

Semelhar: 1.v.t e p. parecer (-se), assemelhar (-se).

Nós fomos criados (no inicio, em Gênesis) a imagem, conforme a semelhança de DEUS Pai, Filho e Espírito Santo.
Hoje, somos apenas a imagem, não temos mais a semelhança, pois desde que o pecado entrou no homem, essa semelhança foi estirpada.
GÊNESIS 3
1 Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?
2 Respondeu a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim podemos comer,
3 mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais.
4 Disse a serpente à mulher: Certamente não morrereis.
5 Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal.
6 Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu.
7 Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; pelo que coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.
8 E, ouvindo a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim à tardinha, esconderam-se o homem e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim.
9 Mas chamou o Senhor Deus ao homem, e perguntou-lhe: Onde estás?
10 Respondeu-lhe o homem: Ouvi a tua voz no jardim e tive medo, porque estava nu; e escondi-me.
11 Deus perguntou-lhe mais: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste da árvore de que te ordenei que não comesses?
12 Ao que respondeu o homem: A mulher que me deste por companheira deu-me a árvore, e eu comi.
13 Perguntou o Senhor Deus à mulher: Que é isto que fizeste? Respondeu a mulher: A serpente enganou-me, e eu comi.
14 Então o Senhor Deus disse à serpente: Porquanto fizeste isso, maldita serás tu dentre todos os animais domésticos, e dentre todos os animais do campo; sobre o teu ventre andarás, e pó comerás todos os dias da tua vida.
15 Porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua descendência e a sua descendência; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.
16 E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a dor da tua conceição; em dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará.
17 E ao homem disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei dizendo: Não comerás dela; maldita é a terra por tua causa; em fadiga comerás dela todos os dias da tua vida.
18 Ela te produzirá espinhos e abrolhos; e comerás das ervas do campo.
19 Do suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, porque dela foste tomado; porquanto és pó, e ao pó tornarás.
20 Chamou Adão à sua mulher Eva, porque era a mãe de todos os viventes.
21 E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu.
22 Então disse o Senhor Deus: Eis que o homem se tem tornado como um de nós, conhecendo o bem e o mal. Ora, não suceda que estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente.
23 O Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden para lavrar a terra, de que fora tomado.
24 E havendo lançado fora o homem, pôs ao oriente do jardim do Éden os querubins, e uma espada flamejante que se volvia por todos os lados, para guardar o caminho da árvore da vida.

O capitulo 3 de Gênesis narra a queda do homem. O ser criado a imagem conforme a semelhança de DEUS, perde a característica de semelhante. No versículo 22 o SENHOR declara que o homem se tornou como um d’Eles (Pai, Filho e Espírito Santo) conhecedor do bem e do mal. Porem existe uma grande diferença, o SENHOR conhece o mal, mas não se impregna por ele. Já o homem ao conhecer o mal se torna praticante dele.
Ainda ressalto alguns versículos do capitulo 3 para meditarmos:
No versículo 3 e 4 a mulher declara a serpente que se comece do fruto da árvore que está no meio do jardim, morreria. Mas a serpente retruca e alega que era certo que não morreria. A desobediência da mulher é a declaração que acreditou mais nas palavras da serpente do que na palavra de DEUS.
Sabemos que após o homem e a mulher comerem do fruto da árvore do conhecimento, não tiveram uma morte física. Mas espiritualmente eles morreram, neste momento foi perdida a semelhança com o SENHOR.
No versículo 11 e 12, ao ser indagado pelo SENHOR, por ter desobedecido, Adão culpa o SENHOR pelo seu erro.

Semelhança de DEUS é diferente da semelhança do homem.
GÊNESIS 5
3 “Adão viveu cento e trinta anos, e gerou um filho à sua semelhança, conforme a sua imagem, e pôs-lhe o nome de Sete.”


Após a queda do homem, a morte espiritual do homem, a perda da semelhança com DEUS, Adão ao gerar a Sete, o gera a sua semelhança (do homem caído) e conforme a sua imagem (que é conforme a imagem de DEUS).
O homem gerado após a queda é conforme a imagem de DEUS, mas semelhante ao homem dominado pelo pecado.
Observamos em todo Antigo Testamento essa característica, do homem que sempre tende a pecar contra o SENHOR, que precisa oferecer sacrifícios para expurgar seus pecados, mas que tem em sua natureza (Adâmica) impregnada pelo pecado.

No salmo 17, versículo 15, o rei Davi tem a revelação de que vivemos como os que dormem, longe da face e da semelhança de DEUS.



SALMOS 17
15 “Quanto a mim, em retidão contemplarei a tua face; eu me satisfarei com a tua semelhança quando acordar.”

Neste versículo tenho o entendimento de que quando acordarmos (sairmos das trevas, da escuridão e enfim enxergamos a Luz) estaremos satisfeitos com a semelhança do Pai (Jesus, a semelhança do Pai, enviada para que nos assemelhemos novamente com o SENHOR).

ROMANOS 5
“12 Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram.
13 Porque antes da lei já estava o pecado no mundo, mas onde não há lei o pecado não é levado em conta.
14 No entanto a morte reinou desde Adão até Moisés, mesmo sobre aqueles que não pecaram à semelhança da transgressão de Adão o qual é figura daquele que havia de vir.
15 Mas não é assim o dom gratuito como a ofensa; porque, se pela ofensa de um morreram muitos, muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça de um só homem, Jesus Cristo, abundou para com muitos.
16 Também não é assim o dom como a ofensa, que veio por um só que pecou; porque o juízo veio, na verdade, de uma só ofensa para condenação, mas o dom gratuito veio de muitas ofensas para justificação.
17 Porque, se pela ofensa de um só, a morte veio a reinar por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo.
18 Portanto, assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação e vida.
19 Porque, assim como pela desobediência de um só homem muitos foram constituídos pecadores, assim também pela obediência de um muitos serão constituídos justos.
20 Sobreveio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça;
21 para que, assim como o pecado veio a reinar na morte, assim também viesse a reinar a graça pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso Senhor.”

A gloriosa salvação pela semelhança em Cristo, está na morte do velho homem e na ressurreição em Jesus, tornando-nos novamente semelhantes a DEUS.

ROMANOS 6
“5 Porque, se temos sido unidos a ele na semelhança da sua morte, certamente também o seremos na semelhança da sua ressurreição;”

Estão se estamos em Cristo, somos semelhantes a Ele, e semelhantes novamente ao Pai.
O Pai o enviou semelhante ao homem (pecador), para se cumprir nele à sentença de morte do pecado. Tudo para que hoje, nós possamos andar segundo ao Espírito de DEUS, semelhantes a DEUS, na aquisição do caráter de Cristo.

»ROMANOS [8]
1 Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.
2 Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.
3 Porquanto o que era impossível à lei, visto que se achava fraca pela carne, Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança da carne do pecado, e por causa do pecado, na carne condenou o pecado.
4 para que a justa exigência da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.
5 Pois os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.
6 Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz.
7 Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem em verdade o pode ser;
8 e os que estão na carne não podem agradar a Deus.
9 Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.
10 Ora, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça.
11 E, se o Espírito daquele que dos mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dos mortos ressuscitou a Cristo Jesus há de vivificar também os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.
12 Portanto, irmãos, somos devedores, não à carne para vivermos segundo a carne;
13 porque se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis.
14 Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.
15 Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes com temor, mas recebestes o espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai!
16 O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus;
17 e, se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.
18 Pois tenho para mim que as aflições deste tempo presente não se podem comparar com a glória que em nós há de ser revelada.
19 Porque a criação aguarda com ardente expectativa a revelação dos filhos de Deus.
20 Porquanto a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa daquele que a sujeitou,
21 na esperança de que também a própria criação há de ser liberta do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus.
22 Porque sabemos que toda a criação, conjuntamente, geme e está com dores de parto até agora;
23 e não só ela, mas até nós, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, aguardando a nossa adoração, a saber, a redenção do nosso corpo.
24 Porque na esperança fomos salvos. Ora, a esperança que se vê não é esperança; pois o que alguém vê, como o espera?
25 Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o aguardamos.
26 Do mesmo modo também o Espírito nos ajuda na fraqueza; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inexprimíveis.
27 E aquele que esquadrinha os corações sabe qual é a intenção do Espírito: que ele, segundo a vontade de Deus, intercede pelos santos.
28 E sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
29 Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos;
30 e aos que predestinou, a estes também chamou; e aos que chamou, a estes também justificou; e aos que justificou, a estes também glorificou.
31 Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?
32 Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como não nos dará também com ele todas as coisas?
33 Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica;
34 Quem os condenará? Cristo Jesus é quem morreu, ou antes quem ressurgiu dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós;
35 quem nos separará do amor de Cristo? a tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?
36 Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte o dia todo; fomos considerados como ovelhas para o matadouro.
37 Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou.
38 Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades,
39 nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.

Fabiano Moura.
Junho de 2004.

Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !
   

 

 

 

  .::: Sinais dos Tempos :::.
  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.
•    Quem Somos    •

Página aberta em: 0,000 segundos

Usuários de Hoje: 5980



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--