Online: 6040
BOA NOTÍCIA
( 878 visitas )

   


09/04/2010 por salmo37

“Porque há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos. Se envelhecer na terra a sua raiz, e o seu tronco morrer no pó, ao cheiro das águas brotará, e dará ramos como uma planta.” Jó 14:7-9

Jó confiou nas providências do Senhor, confiou que todas as coisas estão no controle do Senhor, ele sabia que aquele momento era passageiro, e que a qualquer momento as providencias de Deus viriam, afinal, ele era um homem justo, temente a Deus, e Deus não ia deixá-lo sofrer por muito tempo, mas o tempo foi passando e as coisas não mudavam, pelo contrario, se agravavam sem perspectiva de melhora.

Quando perdemos a esperança, nós desistimos de lutar, e se não lutarmos, não venceremos, temos que ter esperança, temos que crer ainda que nos pareça improvável o socorro, Deus estava contemplando a vida de Jó, era só uma questão de tempo para Deus intervir na sua causa, mas a fé de Jó minguou e ele não agüentou, amaldiçoou o seu dia natalício: “DEPOIS disto abriu Jó a sua boca, e amaldiçoou o seu dia. E Jó, falando, disse: Pereça o dia em que nasci…”(Jó 3: 1-3) este é o retrato fiel do desânimo.

Deus tem um propósito em todas as coisas, Ele tinha um propósito na vida de Jó, e tem na tua vida também, há um propósito na dor, espere no Senhor, talvez a tua fé já esteja minguando como a de Jó, mas Deus te diz que a tua luta não será eterna, ela terá fim, creia, Jó esperou um longo tempo, mas Deus deu um basta na sua adversidade, se a tua fé já está minguando, não pense que você está em pecado, é Deus tratando com você, Deus ensina os seus filhos, muitas vezes o ensinamento de Deus traz sofrimentos, angústias, a nossa fé tende a minguar diante das adversidades, no início, as recebemos dando glórias a Deus, mas se as lutas não passam logo, vem o desânimo, e ai nós aprendemos que na casa do Senhor não tem super-cristãos, somos humanos limitados, Davi passou por estes momentos, nós lemos Davi dizendo: “os que confiam no Senhor serão como os montes de Sião, que não serão abalados, mas permanecem para sempre.” – Sl 125, mas logo lemos o mesmo Davi dizendo: ATÉ quando te esquecerás de mim, SENHOR? Para sempre? Até quando esconderá de mim o teu rosto? Até quando consultarei com a minha alma, tendo tristeza no meu coração cada dia? (Sl 13:1,2).

Ele conhece o teu sofrimento, e entende a tua situação, mas não fique prostrado, se levante, lute, ore, brade, enfim, clame a Deus e não se cale, Ele te ouvirá e responderá, diz a Palavra que Deus mudou a sorte de Jó, no momento em que ele orava, permaneça em oração, Ele vai mudar a tua sorte, todos os maus momentos passam, Jó não contava com aquele momento, ele era justo, temia a Deus, se desviava do mal, mas, as adversidades chegam para todos, a diferença está na forma de enfrentá-las, Deus quer te dá Vitória, não importa o tamanho do teu problema, eu sei que Deus é poderoso para fazer infinitamente mais de tudo o que pensamos ou que pedimos, confie em Deus, há esperança para você.


Carlos Alberto Arruda Ribeiro
http://salmo37.wordpress.com/



Publicado em: 10/4/2010


Você se sentiu tocado ao ler esta mensagem ?
Então CLIQUE AQUI !

 

Comente aqui e ajude a divulgar esta mensagem para seus amigos no facebook ...

   

<< Próxima Reflexão

Mudanças, modismos e mantras na adoração brasileira

Reflexão Anterior >>

A tenda da congregação

 

 

 

  .:: Boletins ::.
Receba boletins atualizados
do Portal Webservos:


  .:: Enquete ::.

 

•    Quem Somos    •     Fale conosco!     •

Página aberta em: 0,016 segundos

Usuários de Hoje: 228574



Melhor visualisado no Internet Explorer com resolução de 800x600

:: WebServo :: Portal Gospel de Evangelismo Virtual
Desenvolvimento e Coordenação de:
Enéas T. de Oliveira
--=(-wëbsèrvö-)=--